De volta ao time, Nathan quer ajudar Ponte Preta reencontrar a vitória na Série B

Contratado em fevereiro deste ano, o volante surgiu como zagueiro nas categorias de base do Atlético-MG

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - Fora do último compromisso da Ponte Preta na Série B em função de uma suspensão, o volante Nathan volta a ser titular da Macaca no jogo deste sábado, contra o Oeste, válido pela 27ª rodada do torneio nacional.

Com grande dedicação e muita força de vontade, o meio-campista espera fazer a diferença para que a equipe volte a vencer no campeonato. Para que isso aconteça, o detentor da camisa 5 alvinegra não precisará contar apenas com sua motivação, mas também com a ajuda dos números, que mostram que, com Nathan em campo, a Ponte apresenta chances maiores de sair vencedora.

Feliz por estar de volta ao combate, Nathan quer ajudar os companheiros a sair da Arena Barueri com os três pontos na mala:

Nathan vem sendo essencial para o time da Ponte Preta
Nathan vem sendo essencial para o time da Ponte Preta
“Infelizmente, não pude ajudar dentro de campo na última rodada, em função da suspensão. Mas, é claro, estive trocando mensagens de apoio e tentando motivar os amigos do clube a todo momento. Acho que o que mais importa é sempre querer e tentar ajudar, mesmo que seja de outras maneiras", afirmou o jogo, que completou.

"Amanhã (sábado), graças a Deus, poderei ser útil para todos com o meu futebol, que é a razão de terem me contratado e acreditado em mim aqui na Ponte. Vamos com tudo em busca deste bom resultado, porque sabemos que temos condição de nos aproximar da zona de classificação se voltarmos de Barueri com os três pontos. O Oeste será um adversário difícil, o que retrata o já conhecido nível complicado da Série B do Brasileirão, mas estamos preparados e queremos a vitória."

VAI QUE VAI!
Que não faltam vontade e determinação ao volante mineiro, já é sabido. Entretanto, mais que isso, Nathan pode, de fato, ser o diferencial para que a Ponte Preta volte a sentir o sabor da vitória após cinco rodadas. Com o camisa 5 em campo, o time campinense tem mais triunfos que empates - 45% de aproveitamento -, enquanto, sem ele, apresenta média bem maior de derrotas ou empates, contra apenas uma vitória - apenas 27% de aproveitamento.

“É sempre bom saber que a sua presença faz bem para o time, que você consegue ajudar os companheiros, mas acho que os números individuais são o que menos importa neste momento. Agora, é hora de pensarmos como conjunto, todos em prol da Ponte, para que possamos jogar a bola que sabemos jogar e, principalmente, ganhar os jogos e subir de posição na tabela. Tenho certeza, assim como eu, todos os outros jogadores e torcedores da Macaca estão empenhados para que isso aconteça, e a mudança começa amanhã, se tudo der certo!”, declarou o volante.

Com 35 pontos em 26 jogos disputados, a Ponte Preta ocupa, atualmente, a 10ª posição da tabela da segunda divisão do futebol brasileiro. Em caso de triunfo na partida de amanhã, na Arena Barueri, contra o Oeste, a equipe de Campinas pode chegar à oitava colocação, diminuindo para cinco pontos a distância para o primeiro clube da zona de classificação à elite nacional.

 
 
" />