Torcida Jovem critica diretoria da Ponte e avisa: "acesso e dérbi são obrigações"

No comunicado, a principal organizada da Macaca também sai em defesa de João Brigatti

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 07 (AFI) - A campanha mediana realizada pela Ponte Preta no primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Série B não agradou os torcedores. Através de um comunicado, a Torcida Jovem - principal organizada do clube - criticou o planejamento feito pela diretoria e disse que "acesso e dérbi são obrigações".

A organizada lembra das punições impostas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que tirou oito mandos de campo da Ponte, mas tem como principal alvo a diretoria, dizendo que "um elenco limitado foi montado" e que os torcedores não vão "fazer papel de palhaço".

Principal organizada da Ponte, a Torcida Jovem soltou um comunicado criticando a diretoria
Principal organizada da Ponte, a Torcida Jovem soltou um comunicado criticando a diretoria

No comunicado, o recado da torcida para os dirigentes é bem claro: "o acesso e o dérbi são obrigações que os senhores terão que cumprir". Na décima colocação, com 26 pontos, a Ponte Preta venceu o Guarani, por 3 a 2, no Brinco de Ouro, pelo primeiro turno. O dérbi de volta está marcado para o próximo dia 28, no Moisés Lucarelli.

Além disso, a Torcida Jovem sai em defesa de João Brigatti dizendo que "não pode carregar a culpa pelas más atuações do elenco, técnico esse que não há dúvidas do seu amor a Ponte Preta, e vocês diretores não tem o direito de fazer isso com a história que ele tem dentro da Ponte Preta".

CONFIRA O COMUNICADO DA TORCIDA JOVEM ABAIXO

A Torcida Jovem, não deixa de está (sic) com a Ponte Preta aonde ela estiver. Fomos punidos e não pudemos está (sic) lutando durante 67 dias desse ano. Ainda sim (sic) fizemos algumas manobras para esta (sic) com o elenco de alguma maneira, reiterando o nosso apoio e a nossa paixão.

Mas algumas coisas não estão se encaixando nesse quebra-cabeça. Levaram nosso time para série B ao final do ano de 2017. E no início do ano de 2018, nova diretoria, e os velhos problemas, o mesmo mandatário, com promessas que até aqui não foram cumpridas, nada de mudança e a mesma falta de respeito com a maior torcida do interior do Brasil.

Um elenco limitado foi montado, e ainda sim (sic) não desistimos. Nós não iremos desistir, mas não vamos fazer papel de palhaço.

Nosso comunicado a toda diretoria da Associação Atlética Ponte Preta. É que o acesso e o dérbi são obrigações que os senhores terão que cumprir, nós não brincamos de Ponte Preta.

Estamos a 19 dias do dérbi, e a pouco mais de 3 meses do término do campeonato.

A Ponte Preta está na incômoda 10ª colocação na tabela e tem 26 pontos, em 19 jogos. E trabalha com técnico interino. Técnico interino esse que não pode carregar a culpa das más atuações do elenco, técnico esse que não há dúvidas do seu amor a Ponte Preta, e vocês diretores não tem o direito de fazer isso com a história que ele tem dentro da Ponte Preta. O amadorismo dessa diretoria vai até quando?

A diretora (sic), comissão técnica e elenco. Nós estivemos desde o início com vocês e vocês não estiveram com a torcida, falta da parte de vocês, seriedade para cuidar da Ponte Preta.

O tempo é curto pra acertar as peças do quebra-cabeça, e acertem o mais breve possível, pois tiveram tempo pra isso, pra fazerem sem correria. Agora com correria ou não, a obrigação de vocês é levarem a Ponte Preta para série A do campeonato brasileiro 2019.

Reiteramos que não brincamos de Ponte Preta.

 
 
" />