Paysandu x Ponte Preta - Macaca vai se "vingar" para retornar na briga pelo G4?

Na estreia da Série B, o Papão foi até Campinas e venceu o time paulista, por 1 a 0, no Moisés Lucarelli

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 06 (AFI) - Na estreia do Campeonato Brasileiro da Série B, a Ponte Preta foi derrotada em Campinas pelo Paysandu, por 1 a 0. Quase quatro meses depois, os dois times voltam a se enfrentar nesta terça-feira, a partir das 21h30, no Estádio da Curuzu, pela primeira rodada do returno.

A Macaca não sabe o que é vencer há quatro jogos - dois empates e duas derrotas -, mas aposta no bom desempenho fora de casa para se reabilitar. Como visitante, a Ponte tem cinco vitórias, dois empates e três derrotas. O time é o décimo colocado, com 26 pontos, a quatro do G4.

Apesar da derrota para o Atlético-GO, por 1 a 0, na última rodada, o Paysandu vem crescendo dentro do campeonato depois da chegada do técnico Guilherme Alves e está na cola da Ponte Preta. Com 24 pontos, o Papão é o 11º colocado.

A Ponte Preta não sabe o que é vencer há quatro jogos, mas aposta no bom desempenho como visitante para se reabilitar (Foto: Fabio Leoni/Ponte Press)
A Ponte Preta não sabe o que é vencer há quatro jogos, mas aposta no bom desempenho como visitante para se reabilitar (Foto: Fabio Leoni/Ponte Press)

NÃO PERCA!
O jogo será transmitido ao vivo pela Rádio Futebol Interior, com narração de Carlos Corsato, comentários de Luis Fabiani, reportagens de Marcelo Corsato e Anna Voloch no placar ao vivo. A TV Futebol Interior fica sob coordenação de Giovane Paiola.

VAI SER DIFÍCIL
O técnico Guilherme Alves espera uma partida bastante complicada nesta terça-feira, mas chamou a atenção para o fato do Paysandu ter a possibilidade de passar a Ponte Preta na tabela de classificação. A única mudança é a entrada do atacante Dionathã, que retorna de suspensão, no lugar de Mike.

"Passei para os meus atletas que vai ser um confronto forte. A Ponte vem de muitos anos na Série A, mantém uma receita e uma folha salarial alta. Mas, dentro de campo, a gente pode igualar isso, com possibilidade de ultrapassar a Ponte com uma vitória", afirmou o treinador bicolor.

MUDANÇAS NA MACACA
Apesar de não ter muito tempo para treinar depois do empate com o Avaí, por 2 a 2, em Araraquara, no último sábado, o técnico João Brigatti estuda fazer mudanças entre os titulares. Até porque o zagueiro Léo Santos sentiu dores musculares e sequer viajou com a delegação para Belém.

As baixas não param por aí. O lateral-esquerdo Orinho recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Avaí e cumpre suspensão automática. Já os volantes André Castro e Paulinho, os meias Tiago Real e Murilo Henrique, e os atacantes Felippe Cardoso e Roberto estão em tratamento no departamento médico.

Na defesa, Reginaldo deve ser o novo companheiro de Renan Fonseca. Lá na frente, Hyuri, que estreou em Araraquara, é o favorito para ocupar a vaga deixada por Orinho. Existe ainda a possibilidade de Danilo Barcelos e Júnior Santos irem para o banco de reservas. Nicolas e Victor Rangel seriam os respectivos substitutos.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
20ª rodada
Data
07/08/2018
Horário
21h30
Local
Curuzu - Belém (PA)
Árbitro
Anderson Daronco (RS)

Renda
R$ 94.735,00
Assistentes
Rafael da Silva Alves (RS) e Mateus Olivério Rocha (RS)

Público
2.762 pagantes (6.089 total)
Cartões Amarelos
Paysandu-PA: Matheus Silva, Diego Ivo, Diego
Ponte Preta-SP: Reginaldo, Hyuri

Gols
Ponte Preta-SP: Nathan 16' 1T, Júnior Santos 35' 1T, Júnior Santos 3' 2T, Hyuri 16' 2T
Paysandu-PA
Renan Rocha;
Matheus Silva, Edimar, Diego Ivo e Diego;
Renato Augusto, Nando Carandina (Jonathan Almeida), Thomaz e Pedro Carmona;
Dionathã (Mike) e Claudinho (Lúcio Flávio).
Técnico: Guilherme Alves.
Ponte Preta-SP
Ivan;
Igor (Ruan), Renan Fonseca, Reginaldo e Nicolas;
Nathan, Lucas Mineiro e Danilo Barcelos;
Hyuri (Victor Rangel), André Luis e Júnior Santos (Neto Costa).
Técnico: João Brigatti.
 
 
" />