Série B: Orinho preocupa, mas técnico da Ponte ganha duas opções

João Brigatti vai poder contar com o volante André Castro e o meia Murilo, liberados pelo departamento médico

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) - A Ponte Preta ainda não está definida para a partida do próximo domingo, contra o Fortaleza, às 18 horas, no Estádio Moisés Lucarelli, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A atividade desta quinta-feira foi fechada para a imprensa e o técnico João Brigatti deve apostar no mistério.

A principal dúvida do treinador está na lateral esquerda. Com dores na região lombar, Orinho, que retornaria após cumprir suspensão automática, ainda não sabe se vai ter condições de jogo para domingo. Se for vetado, o lateral-direito Ruan deve ser mais uma vez improvisado do outro lado, assim como aconteceu diante do Figueirense.

Com dores lombares, o lateral Orinho não treinou nesta quinta-feira e é dúvida para domingo
Com dores lombares, o lateral Orinho não treinou nesta quinta-feira e é dúvida para domingo
João Brigatti, porém, ganhou mais duas opções. Liberados pelo departamento médico, o volante André Castro e o meia Murilo treinaram normalmente e estão à disposição. O primeiro pode retornar na vaga de Nathan, enquanto o meia deve mesmo começar como opção no banco de reservas.

Se tem dúvida em relação ao time que vai mandar a campo, o treinador pontepretano sabe que não pode contar com alguns jogadores. O volante Paulinho cumpre o segundo jogo de suspensão. Já os atacantes Felippe Cardoso (pubalgia) e Roberto (lesão no ombro) seguem entregues ao DM.

Animada com a vitória sobre o Figueirense, por 2 a 0, em Florianópolis, a Ponte Preta recebe o Fortaleza querendo encostar no G4. A partida também será a primeira que a Macaca vai poder contar com o apoio da torcida no Moisés Lucarelli nesta Série B, pois nas anteriores estava cumprindo punição imposta pelo STJD.

 
 
" />