José Armando Abdalla promete reforços "com envergadura para Série B" na Ponte

O mandatário não falou sobre posições, mas um lateral-esquerdo e um camisa 10 seriam as prioridades

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - O elenco da Ponte Preta ainda não está fechado para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Em entrevista ao repórter Antônio Luppi, da Rádio Bandeirantes, de Campinas, o presidente José Armando Abdalla revelou que a diretoria da Macaca está em busca de reforços no mercado.

Momentos antes da bola rolar contra o Flamengo, na última quinta-feira, no Maracanã, pelas oitavas de final de Copa do Brasil, o mandatário disse que a Macaca espera anunciar de "dois a três jogadores com envergadura para a Série B".

O presidente José Armando Abdalla (à esq.) disse que a Ponte Preta trabalha em busca de dois a três reforços (Foto: Ponte Press)
O presidente José Armando Abdalla (à esq.) disse que a Ponte Preta trabalha em busca de dois a três reforços (Foto: Ponte Press)
"Estamos trabalhando para isso (reforçar o elenco). Devem chegar dois ou três jogadores com envergadura para a Série B nas próximas semanas. Temos que analisar o mercado dentro das opções que a gente possa trazer para a Ponte. No momento, ainda não houve acerto, mas com certeza em breve eles estarão aqui", prometeu Abdalla.

O presidente pontepretano não falou sobre as posições que precisam ser reforçadas, mas um lateral-esquerdo e um camisa 10 seriam as prioridades. Na lateral, Orinho é titular, enquanto o volante Marciel é seu substituto imediato, já que Danilo Barcelos se firmou atuando mais avançado. No meio, Tiago Real é quem vem fazendo a função de organizar as jogadas.

O TIME!
Após empatar sem gols com o Flamengo, em pleno Maracanã, e ser eliminada na Copa do Brasil - havia perdido em Campinas, por 1 a 0 -, a Ponte Preta voltou para São Paulo nesta sexta-feira, mas já seguiu viagem para Goiânia, onde enfrenta o Vila Nova, neste domingo, às 16 horas, no Serra Dourada, pela quinta rodada da Série B do Brasileiro.

Apesar de ter apenas dois dias de treinamento, Doriva vai realizar mudanças. Isso porque o time que enfrentou o Flamengo tinha vários desfalques. Os zagueiros Reginaldo e Léo, o lateral/meia Danilo Barcelos e os atacantes André Luis e Roberto voltam a ficar à disposição do treinador. O lateral Orinho continua vetado pelo departamento médico.

Na defesa, a única mudança será a entrada de Reginaldo no lugar de Reynaldo. Com o veto de Orinho, Marciel segue improvisado na esquerda. Já no meio-campo, André Castro e Tiago Real entram nos lugares de Nathan e Lucas Mineiro depois de serem poupados diante do Flamengo. Real ainda entrou no segundo tempo. Lá na frente, Felipe Saraiva e Júnior Santos dão lugares para Danilo Barcelos e André Luis.

Ou seja, a formação que vai enfrentar o Vila Nova será praticamente a mesma que começou o dérbi campineiro no último sábado, quando a Macaca ganhou do Guarani, por 3 a 2. A única mudança será a entrada de Marciel no lugar de Orinho.

A provável Ponte Preta é: Ivan; Igor, Renan Fonseca, Reginaldo e Marciel; André Castro, Paulinho e Tiago Real; Danilo Barcelos, Felippe Cardoso e André Luis.