Vila Nova x Ponte Preta - Visitante indesejável vai acabar com os 100% do Tigre?

Os seis pontos conquistados pela Macaca até aqui na Série B foram fora de casa

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 12 (AFI) - O Vila Nova é o time a ser batido neste início de Campeonato Brasileiro da Série B. No entanto, do outro lado vai ter um adversário que ainda não perdeu pontos atuando como visitante e vem embalado por bons resultados. No encerramento da quinta rodada, o Tigre recebe a Ponte Preta neste domingo, às 16 horas, no Estádio Serra Dourada.

Único com 100% de aproveitamento até aqui - 12 pontos em quatro jogos -, o Vila Nova depende apenas das suas próprias forças para seguir na liderança isolada. Já a Ponte Preta vem de vitória no dérbi sobre o Guarani, por 3 a 2, em pleno Brinco de Ouro da Princesa, e na última quinta-feira empatou sem gols com o Flamengo, diante de um Maracanã lotado, pela Copa do Brasil. Os seis pontos conquistados pela Macaca foram como visitante.

A Ponte Preta não traz boas lembranças para o Vila Nova. Os dois times já se enfrentaram 16 vezes ao longo da história e os números são bem favoráveis para a Macaca: dez vitórias contra apenas três do Tigre, além de dois empates. A última vez que os dois times se encontraram foi na Série B de 2014, no Serra Dourada, e os alvinegros golearam por 3 a 0.

A Ponte Preta tem duas vitórias em dois jogos como visitante na Série B, sendo a última delas sobre o Guarani
A Ponte Preta tem duas vitórias em dois jogos como visitante na Série B, sendo a última delas sobre o Guarani
NÃO PERCA!

O duelo será transmitido ao vivo pela Rádio Futebol Interior, com narração de Marcelo Corsato, comentários de Luis Fabiano e reportagens de Wendel Coral. Já a TV Futebol Interior tem Giovane Paiola na coordenação.

ATENÇÃO AO ADVERSÁRIO
Apesar do Tigre ter o dobro de pontos que a Macaca na tabela de classificação, o técnico Hemerson Maria espera um confronto bastante complicado no Serra Dourada. Ele lembrou que o adversário deste domingo tem 100% de aproveitamento como visitante na Série B - venceu Criciúma e Guarani.

"O desafio maior vai ser o jogo em si. Vamos enfrentar uma equipe bem treinada, que investiu para conquistar o acesso. Talvez seja a primeira força do futebol paulista depois das grandes equipes (Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos). Perdeu dois jogos em casa, mas ganhou dois fora. Temos que tomar os devidos cuidados, mas ter iniciativa de jogo", disse Hemerson Maria.

Em relação ao time que vai mandar a campo, o treinador deve realizar apenas uma alteração na formação que iniciou o clássico diante do Goiás. De fora dos gramados por duas semanas devido a uma lesão muscular na coxa direita, o volante Wellington Reis vai dar lugar para Moacir.

MACACA REFORÇADA
Apesar de ter apenas dois dias de treinamento, Doriva vai realizar mudanças. Isso porque o time que enfrentou o Flamengo tinha vários desfalques. Os zagueiros Reginaldo e Léo, o lateral/meia Danilo Barcelos e os atacantes André Luis e Roberto voltam a ficar à disposição do treinador. O lateral Orinho continua vetado pelo departamento médico.

Na defesa, a única mudança será a entrada de Reginaldo no lugar de Reynaldo. Com o veto de Orinho, Marciel segue improvisado na esquerda. Já no meio-campo, André Castro e Tiago Real entram nos lugares de Nathan e Lucas Mineiro depois de serem poupados diante do Flamengo. Real ainda entrou no segundo tempo. Lá na frente, Felipe Saraiva e Júnior Santos dão lugares para Danilo Barcelos e André Luis.

Ou seja, a formação que vai enfrentar o Vila Nova será praticamente a mesma que começou o dérbi campineiro no último sábado, quando a Macaca ganhou do Guarani, por 3 a 2. A única mudança será a entrada de Marciel no lugar de Orinho.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
5ª rodada
Data
13/05/2018
Horário
16h00
Local
Serra Dourada - Goiânia (GO)
Árbitro
Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)

Assistentes
Leandro dos Santos Ruberdo (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS)

Cartões Amarelos
Vila Nova-GO: Reis, Wesley Matos, Mateus Anderson, Ramon, Rafael Santos
Ponte Preta-SP: André Castro, André Luís

Vila Nova-GO
Mateus Pasinato;
Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón Filgueira;
Geovane, Moacir, Elias (Ramon) e Alan Mineiro (Juninho);
Mateus Anderson (Joãozinho) e Reis.
Técnico: Hemerson Maria.
Ponte Preta-SP
Ivan;
Igor, Renan Fonseca, Reginaldo e Marciel;
André Castro, Paulinho (Lucas Mineiro) e Tiago Real;
Danilo Barcelos (Roberto), Felippe Cardoso e André Luis (Júnior Santos).
Técnico: Doriva.
 
 
" />