Paulistão: Eduardo Baptista foca em reabilitação da Ponte Preta para fugir da degola

Apesar de jogar em Campinas no Estádio Moisés Lucarelli diante do Red Bull, o torcedor da Macaca não poderá acompanhar a equipe

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - Com o Paulistão chegado a sua reta final, a Ponte Preta tem duas 'decisões' pela frente para fugir do rebaixamento e quem sabe se classificar para a próxima fase do estadual. Na noite dessa quinta-feira, a Macaca enfrenta o Red Bull Brasil, no Estádio Moisés Lucarelli, dessa vez como visitante. Segundo o técnico Eduardo Baptista, a equipe precisa vencer para chegar aos 13 pontos, para não poder ser mais alcançadas pelos seus adversários.

"Sabemos das dificuldades que estamos enfrentando e da juventude da nossa equipe, mas temos mais duas partidas em casa e temos que lutar ainda mais para sair da situação em que estamos na tabela e vencer", diz o técnico Eduardo Baptista.

Com dez pontos na tabela de classificação do Grupo B, a Ponte está em 3º lugar na chave, com São Paulo e São Caetano à frente. Já na classificação geral, a equipe campineira aparece na 14ª colocação - sendo o primeiro time fora da zona de rebaixamento - na frente apenas de Santo André e Linense.

Ponte enfrenta Red Bull nessa quinta, no Majestoso, em busca de reabilitação no Campeonato Paulista (Foto: PontePress/FábioLeoni)
Ponte enfrenta Red Bull nessa quinta, no Majestoso, em busca de reabilitação no Campeonato Paulista (Foto: PontePress/FábioLeoni)

Para o jogo, o técnico Eduardo Baptista tem as voltas do zagueiro Luan Peres e do volante João Vítor como opções no elenco. Os dois atletas cumpriram suspensão automática diante do Bragantino e estão relacionados. O treinador, porém, ainda não poderá contar com Tiago Real, Felipe Saraiva e Felippe Cardoso, que seguem em recuperação de contusões. Para o comandante, apesar dos desfalques, o time tem buscado evoluir, principalmente no amadurecimento de atletas da equipe, que é formado em sua maioria por jovens.

E AGORA, COMO FICA ? NÃO VÁ AO ESTÁDIO TORCEDOR DA MACACA
O torcedor da Ponte Preta, por determinação da FPF em atendimento ao Ministério Público - que determina torcida única em todos os jogos alvinegros como mandante ou visitante - não poderá acompanhar o jogo no estádio Moisés Lucarelli, pois o mandante da partida é o Red Bull. Assim, a Polícia Militar irá barrar qualquer tipo de pessoas que tentarem adentrar ao local com adereços da Macaca. Além disso, o clube pode ser punido caso o delegado da partida, detecte manifestações de apoio à Ponte, sejam elas gritos de guerra, cânticos, hino ou mesmo comemoração de gols, para que a FPF tome eventuais providências.

 
 
" />