Paulistão: Eduardo Baptista esconde Ponte Preta para jogo contra o Novorizontino

O problema é o volante Marciel, que está suspenso por três cartões amarelos e pode ser substituído por Marquinhos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - Depois de passar à segunda fase da Copa do Brasil ao empatar sem gols e eliminar o Nacional, em Manaus, a Ponte Preta foca suas energias totalmente para o jogo contra o Novorizontino, sábado, às 16h30, no estádio Moisés Lucarelli, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Mas o técnico Eduardo Baptista faz mistério na escalação.

O problema é o volante Marciel, emprestado pelo Corinthians, está suspenso por três cartões amarelos e pode ser substituído por Marquinhos, outro garoto formado na base. A outra opção é o experiente João Vitor, que passou ano passado fora do time com uma grave lesão no tornozelo e agora está, aos poucos, retornando aos gramados.

Eduardo Baptista esconde Ponte Preta para jogo contra o Novorizontino (Foto: PontePress/ThiagoToledo)
Eduardo Baptista esconde Ponte Preta para jogo contra o Novorizontino (Foto: PontePress/ThiagoToledo)
Na verdade, a preocupação da comissão técnica é com a recuperação dos jogadores, uma vez que o time teve força máxima na Arena da Amazônia. E o retorno da delegação aconteceu somente na quarta-feira à noite, um dia após o jogo. Na segunda fase, a Ponte vai receber a Internacional de Limeira dentro do Majestoso.

Com sete pontos, o time campineiro é ice-líder do Grupo B, atrás do São Paulo, com 10, e na frente de Santo André (4) e São Caetano (3). O projeto da Federação Paulista de Futebol (FPF), Futebol Sustentável, vai trocar três mil ingressos por duas garrafas pets cada. Até o final desta tarde, metade já tinha sido adquirida pela torcida.