Meia do Coritiba, Thiago Galhardo vira alvo de disputa entre Ponte e Corinthians

O jogador pode retornar para o próprio Coxa, com quem tem contrato até julho do próximo ano

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) – Após confirmar a saída do Albirex Niigata, do Japão, Thiago Galhardo começou a ser especulado no futebol brasileiro. O jogador, que tem contrato com o Coritiba até julho de 2018, interessa a Ponte Preta, sua ex-equipe, e também ao Corinthians. O Timão tem como filosfia ‘fisgar’ atletas ao término de contrato, situação semelhante em que vive o meia.

O Coritiba não tem intenção, neste primeiro momento, em renovar o contrato de Thiago Galhardo, mas cobra uma compensação financeira para liberá-lo antes da data final de contrato. Com a queda para a Série B, a Ponte não deve fazer loucuras para ter o jogador e confia no carinho que o mesmo tem pelo clube para repatriá-lo.

Já o Corinthians tem como trunfo o fato de ser o atual campeão brasileiro, que deve chegar forte para a disputa da Libertadores. No entanto, uma alta investida, envolvendo valores, está descartada. O empresário do atleta falou sobre as especulações após a saída do meia da equipe japoensa.

Thiago Galhardo pode retornar para a Ponte Preta em 2018
Thiago Galhardo pode retornar para a Ponte Preta em 2018
MAIS DE THIAGO GALHARDO!
“Agradecemos muito o Albirex Niigata por ter aberto suas portas, mas não houve entendimento para a renovação e o Galhardo está livre para definir seu futuro em 2018. Alguns clubes já demonstraram interesse em contar com ele, mas só vamos definir qualquer coisa após nos reunirmos com a direção do Coritiba. Enquanto isso, nenhuma possibilidade está descartada”, afimou via assessoria de imprensa.

Thiago Galhardo tem 26 anos e começou a carreira no Bangu. Passou por Comercial, América-RN, Remo, Boa Esporte, Cametá, Brasiliense e Madureira, até chegar no Coritiba. Foi ter destaque mesmo em 2016, quando atuava pelo Red Bull Brasil. Chegou a ser dado como certo no Santos, mas acabou indo para a Ponte Preta, onde fez um bom Campeonato Brasileiro. Foi contratado pelo Albirex Niigata, na sequência, porém, pouco brilhou.