Gilson Kleina é suspenso por três jogos e Ponte Preta fica com auxiliar Juninho no banco

O auxiliar Juninho, como fez contra o São Paulo, vai atuar contra Atlético-GO e Chapecoense

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) – O técnico Gilson Kleina é baixa certa da Ponte Preta para os próximos dois jogos do Campeonato Brasileiro. Julgado nesta tarde pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do Rio de Janeiro (RJ), ele foi suspenso por três jogos. Já cumpriu a automática no empate, por 2 a 2, com o São Paulo, sábado no Morumbi.

Agora ficará fora diante do Atlético-GO e depois contra a Chapecoense, em Santa Catarina. Juninho, seu auxiliar direto, comandará o time no banco de reservas. São dois jogos importantes, porque envolvem clubes que estão abaixo na pontuação da tabela e lutam contra o rebaixamento. Mas Kleina vai comandar a Macaca no jogo contra o Sport, nesta quarta-feira à noite, em Recife (PE).
Gilson Kleina não fica no banco contra o Atlético-GO e a Chapecoense, dois jogos importantes
Gilson Kleina não fica no banco contra o Atlético-GO e a Chapecoense, dois jogos importantes
EXPULSÃO CONTRA O GALO
Na semana passada ele foi expulso por reclamações, na derrota para o Atlético Mineiro, por 2 a 1. No entendimento da Procuradoria, Kleina cometeu duas infrações distintas: uma ao desrespeitar a arbitragem e outra ao chutar o microfone, conduta contrária à ética e disciplina.

Pelos fatos, a Procuradoria enquadrou o treinador por infração ao artigo 258 e ao inciso II do mesmo artigo, do CBJD. A pena era de um a seis partidas.

Art. 258. Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código.

II - desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões
PENA: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica.

INGRESSOS BARATOS DEMAIS !
A Ponte Preta faz um jogo importante contra o Sport, nesta quarta-feira, na Ilha do Retiro pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, mas mantém a preocupação com o Campeonato Brasileiro. À pedido da diretoria, o horário do jogo contra o Atlético-GO foi atrasado e vai ter promoção de ingressos.

Ponte Preta volta a jogar à noite no Majestoso
Ponte Preta volta a jogar à noite no Majestoso

Para ganhar cinco horas a mais de recuperação, a direção pediu ao departamento de competições da CBF para que o próximo jogo pela 24.ª rodada seja disputado à noite, a partir das 21 horas. Antes aconteceria às 16 horas.

LOGÍSTICA

Desde o início da semana havia uma grande preocupação com a logística de viagem de volta de Recife (PE) para Campinas. Na verdade só haverá um período na sexta-feira para um rápido treino tático.

Para estimular a presença de público no estádio Moisés Lucarelli, a diretoria colocou os ingressos a preços simbólicos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). É um duelo importante porque vai ser contra o lanterna da competição, portanto, um “jogo de seis pontos”.

A Ponte Preta tem 28 pontos, em 13.º lugar, e seu objetivo é atingir 47 pontos para se manter na elite em 2018.