Ponte descarta Léo Gamalho, mas admite busca por camisa 9

A Macaca vem buscando no mercado um jogador com características diferentes as de Emerson Sheik e Lucca

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - Na festa de aniversário da Ponte Preta, realizada na última quinta-feira, em Campinas, o diretor de futebol Hélio Kazuo negou qualquer interesse em Léo Gamalho, mas confirmou que a diretoria da Macaca está em busca de um atacante de área para o segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Léo Gamalho tem 31 anos e estava disputando a Série B pelo Goiás até ser relegado para o "time B", que é formado por jogadores fora dos planos da comissão técnica e que treinam em horários alternativos. O atacante vinha sendo bastante criticado pela torcida esmeraldina e chegou a ter seu carro danificado recentemente.

Afastado no Goiás, o atacante Léo Gamalho não interessa a Ponte Preta
Afastado no Goiás, o atacante Léo Gamalho não interessa a Ponte Preta
Natural de Porto Alegre, o atacante foi revelado pelo Internacional e passou por Botafogo, América-RN, Grêmio Barueri, ABC, ASA, Ceará, Santa Cruz, Bahia, Avaí, Goiás, Nacional-URU, Valdevez-POR, Shenyang Dongjin-CHN e Pudong Zobon-CHN. Seu melhor momento na carreira foi no Santa Cruz, em 2014, marcando 32 gols em 57 jogos.

Sem interesse em Léo Gamalho, a diretoria pontepretana segue em busca de um centroavante para a sequência da temporada, mas vem encontrando muitas dificuldades. Titulares absolutos, Emerson Sheik e Lucca não possuem características de um camisa 9, apesar do segundo ser um dos artilheiros do Brasileirão, com dez gols.

No entanto, existe ainda a possibilidade de Lucca ser negociado com o futebol francês. O atacante está emprestado pelo Corinthians e despertou interesse do Nantes, que ofereceu cerca de R$ 9 milhões pelo jogador. A proposta, porém, não agradou o Timão, que espera vendê-lo por R$ 22 milhões. A janela de transferência para o futebol internacional fecha no dia 31 de agosto.