Ponte Preta afasta Matheus Jesus por indisciplina e faz intertemporada em Itu

Meiocampista é afastado e o elenco fica fora da cidade para aproveitar a semana de folga no Campeonato Brasileiro

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 22 (AFI) – Considerado um ‘garoto problema’ o volante Matheus Jesus foi afastado, momentaneamente, do elenco da Ponte Preta por questões disciplinares. Evitando entrar em detalhes, a direção não quis comentar o futuro do atleta, mas existe inclusive a possibilidade dele ser negociado com um clube que disputa o Brasileirão. O mais cotado é o Santos.

Matheus Jesus é meio-campista e participou de alguns jogos com a Ponte Preta desde o ano passado. Sofreu uma lesão na mão durante o Paulistão e passou por uma cirurgia corretiva. É um jogador de amplos recursos técnicos, no entanto, não conseguiu fazer uma sequência de jogos.

Matheus Jesus só não estaria sendo 'bom pra ele mesmo'
Matheus Jesus só não estaria sendo 'bom pra ele mesmo'

Ele só tem 20 anos (nascido em 10 de abril de 1997) e veio para a base da Macaca após passagem pelo Flamengo. Foi bem acolhido no Majestoso e chegou até a ser convocado para a Seleção Brasileira Sub-20, junto com Maycon.

O jogador estaria abusando em suas folgas, algo próprio da idade. Ele, porém, não foi encontrado pelo Futebol Interior para dar sua versão.

Além dele, seguem treinando no clube, mas fora dos planos, o lateral-esquerdo Artur, o zagueiro Fábio Ferreira e o volante João Guima. O contrato de Matheus Cassini, revelado pelo Corinthians, acabou e não vai ser renovado.

INTERTEMPORADA
Como já estava previsto pela comissão técnica da Ponte Preta, a semana vai ser centrada num período de treinamentos específicos com o elenco que vai ficar hospedado num hotel na cidade de Itu.

No total, 30 jogadores participarão do treinamento. O ônibus levou os jogadores somente à noite, porque a delegação chegou ao clube somente às cinco horas da manhã, vindo do rio de Janeiro, após derrota para o Botafogo, por 2 a 0.

Algo que, aliás, deveria ter feito na semana decisiva do Campeonato Paulista para isolar o grupo do ‘clima de final’.

O objetivo é fazer um trabalho de recuperação física depois da maratona de jogos disputados até agora tanto pelo Paulistão, como pela Copa do Brasil e Copa Sul-Americana.

Este período é considerado excelente porque isola os jogadores que participam de treinamentos, têm uma alimentação apropriada e um descanso adequado.

Depois de perder para o Botafogo, por 2 a 0, no Engenhão, a Ponte Preta vai buscar a reabilitação diante do Atlético Mineiro, domingo, às 11 horas, na Arena Independência, pela terceira rodada do Brasileirão.

 
 
" />