Vadão recebe proposta da CBF e pode deixar a Ponte Preta

O treinador iria comandar a Seleção Brasileira Feminina de Futebol

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) - Em meio a reformulação, a Ponte Preta pode sofrer uma baixa inesperada para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B. O técnico Vadão (foto abaixo) recebeu uma proposta da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para comandar a Seleção Brasileira Feminina, que é treinada atualmente por Márcio Oliveira.

A proposta, principalmente em relação a questão financeira, é muito boa para Vadão, que deverá se reunir com a diretoria alvinegra nas próximas horas. Caso o treinador opte pela Seleção, a Ponte Preta vai atrás de Dado Cavalcanti, sonho antigo do clube e desempregado desde que deixou o Coritiba no início de abril.

Contratado para o lugar de Sidney Moraes em fevereiro, Vadão afastou o risco de rebaixamento para a Série A2 e ainda conseguiu a classificação às quartas de finais, sendo eliminada pelo Santos ao perder por 4 a 0. Além disso, a Ponte avançou à segunda fase da Copa do Brasil ao golear o Náutico-RR, por 4 a 1.

Em sua quarta passagem pelo Moisés Lucarelli, Vadão comandou a Ponte Preta em 14 jogos, sendo oito vitórias e seis derrotas. O contrato assinado com o clube campineiro vai até o fim do Paulistão do ano que vem.

Ainda nesta quarta-feira, a diretoria anunciou o desligamento do gerente de futebol Marcus Vinícius. No clube desde o fim de 2010, o ex-jogador era considerado o homem forte do futebol, mas vinha sendo bastante criticado pela torcida depois do rebaixamento para a Série B do Brasileiro. Agora, as atividades ficarão nas mãos do coordenador técnico Gustavo Bueno.

Mercado da Bola
Ponte Preta-SP
Elenco ainda não definido
  • Goleiros

    Guilherme, Ivan, Luan, Pedrão e Ygor Vinhas

  • Laterais

    Guilherme Lazaroni, Jeferson, Matheus Alexandre e Yuri

  • Zagueiros

    Alisson, Cléber Reis, Henrique Trevisan, Léo, Wellington Carvalho

  • Volantes

    Bruno Reis, Danrley, Dawhan e Vander

  • Meias

    João Paulo e Vinicius Zanocelo

  • Atacantes

    Alisson Safira, Apodi, Bruno Rodrigues, Felipe Saraiva, João Veras, Mateus Anderson e Roger

  • Técnico

    Gilson Kleina