Presidente do lanterna piauiense pede dinheiro para passagens de jogadores

14 atletas do Timon, clube maranhense que amarga a lanterna do Campeonato Piauiense estão sem dinheiro para voltar para a casa

por Agência Futebol Interior

Teresina, PI, 19 (AFI) - Enquanto uma boa parte de jogadores brinca nas redes sociais com o desafio do papel higiênico e outras gracinhas, 14 atletas do Timon, clube maranhense que amarga a lanterna do Campeonato Piauiense, estão sem dinheiro para voltar para a casa.

Leal Filho, presidente do Timon, foi às redes sociais pedir doação para poder comprar passagens a esses jogadores voltarem para casa. O Campeonato Piauiense também está paralisado por causa da pandemia do coronavírus.

"Essa semana fomos pegos de surpresa com a suspensão do Campeonato Piauiense. Com isso, precisamos mandar alguns atletas de volta para casa. Alguns já foram, mas temos 14 para irem ainda. Vocês que são simpatizantes, torcedores, empresários do Timon, estamos fazendo esse apelo porque no momento ficou muito difícil com essa suspensão imediata", disse o mandatário em vídeo gravado.

AJUDA!
Pedido nas redes sociais. (Foto: Reprodução)
Pedido nas redes sociais. (Foto: Reprodução)
"Nos ajude, entre em contato conosco através das nossas redes sociais, telefone e vamos fazer essa campanha para fazer com que esses atletas cheguem até suas famílias antes que fechem aeroportos, rodoviárias e a gente fique sem ter como manda-los", completou ele.

São cinco passagens para São Paulo, três para Goiás, uma para Rondônia, outra para Sergipe, uma para o Rio de Janeiro e mais uma para o Maranhão. O Timon já avisou que não tem como bancar as passagens para os 14 jogadores.

Após dez rodadas, o Timon amarga a lanterna do Estadual do Piauí com quatro pontos - uma vitória, um empate e nada menos do que oito derrotas. Aproveitamento de 13,3%. O Piauiense não tem rebaixamento. Quando o Estadual voltar, o Timon enfrentará o 4 de Julho pela 11ª rodada.