Luto! Covid-19 tira a vida de ídolo do Campinense que foi tricampeão paraibano

Ivan Lopes era pai da jornalista Karina Araújo, que foi assessora rubro-negra e também foi vítima do novo coronavírus

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 18 (AFI) - O futebol nordestino está de luto! Afinal de contas, morreu, na tarde desta quinta-feira (18), o ex-zagueiro Ivan Lopes. Ele foi vítima de complicações da covid-19. Além disso, era pai da jornalista Karina Araújo, que foi assessora rubro-negra e, no final do ano passado, também foi vítima do novo coronavírus.

Como atleta, Ivan Lopes foi tricampeão paraibano, entre 1971 e 1973, com o Campinense, clube onde foi ídolo. Aquele grupo, aliás, ficou conhecido como Time do Zé Pinheiro, referência ao bairro José Pinheiro, uma das origens raposeiras e de parte dos jogadores.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Ele também passou por Tiradentes-PI, Fortaleza-CE, Ferroviário-CE e Treze-PB. Não há informações sobre velório e local de sepultamento do corpo do ex-jogador.

"O Campinense Clube lamenta profundamente a morte do ex-zagueiro e ídolo rubro-negro, Ivan Lopes, por sequelas decorrentes da covid-19. Ivan chegou no Campinense no início da década de 70, e conquistou um tricampeonato Paraibano pela Raposa", escreveram os rubro-negros.
"Que Deus o receba de braços abertos e dê conforto a todos amigos e familiares. Fica as boas lembranças das conquistas e toda dedicação demonstrada com o manto rubro-negro nas oportunidades que esteve em campo", completaram os paraibanos.