Levir Culpi destaca bom humor ao lamentar morte de Rodrigo Rodrigues

"A pessoa iluminada pelo bom humor deixa o ambiente leve e alegre. O que mais queremos da vida?"

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 28 (AFI) - Personalidades seguem manifestando solidariedade com a morte do apresentador e músico Rodrigo Rodrigues, vítima de complicações da covid-19. O ex-técnico Levir Culpi também lamentou a afirmou que gostaria de ter sido amigo de RR.

"RR não foi meu amigo, mas gostaria que fosse. Já não é mais possível.

Com humor invejável apresentava de forma descontraída levando alegria e informação, o que faz a vida valer a pena.

A pessoa iluminada pelo bom humor deixa o ambiente leve e alegre. O que mais queremos da vida?", afirmou.

Rodrigo Rodrigues tinha 45 anos e apresentou o "Troca de Passes" pela última vez em 9 de julho. Ele passou por diversos canais de TV, como SBT, TV Cultura, Band, Gazeta, ESPN Brasil e Esporte Interativo e estava no SporTV desde 2019.

Espaço incorporado por HTML (embed)