Zé Carlos, segundo maior goleador da Série B, entra na mira de clubes do Brasil

Artilheiro soma passagens de destaque por CRB e Criciúma nos últimos anos, além de experiência internacional

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - Mesmo depois do término da Copa América, os clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro seguem no mercado em busca de reforços para de olho no segundo semestre das competições nacionais. Um atleta de ponta livre no mercado é Zé Carlos, um dos maiores artilheiros em brasileiro.

O último clube do centroavante foi o CRB, time pelo qual é o maior goleador na Série B, além de alcançar título estadual e prêmio individual duas vezes de maior artilheiro.

Após rescindir vínculo amigável com o Galo, o profissional recebeu algumas sondagens para atuar na segunda divisão, entre eles do Guarani-SP.

"Estou treinando diariamente e bem fisicamente para voltar a fazer o mais amo, ou seja, jogar futebol. Vejo-me pronto para retornar aos gramados assim que uma proposta concreta surgir. Quero voltar logo", garantiu Zé.

Experiente, Zé Carlos está livre no mercado para disputar a Série B
Experiente, Zé Carlos está livre no mercado para disputar a Série B

"Houve, sim, situações de alguns clubes, mas não tive contato com ninguém do Guarani, um grande clube e disputa uma competição que conheço bem", emendou.

Natural de Maceió, o atacante fez história na Série B ao ser artilheiro em duas oportunidades. Em 2015, com a camisa do CRB, anotou 19 gols e é o segundo maior goleador da história na divisão - só é superado por Bruno Rangel, autor de 31 gols em 2013 pela Chapecoense.

Em 2012, Zé Carlos balançou as redes em 27 oportunidades pelo Criciúma, além de participar da campanha em que culminou no acesso à elite do Campeonato Brasileiro - neste quesito, ele se tornou o terceiro maior do clube, com 68 gols em 108 jogos.

HISTÓRIA

Além do vasto currículo em CRB e Criciúma, Zé jogou na Europa, onde foi campeão do Campeonato Português 2002/03, da Taça de Portugal 2002/03, da Supertaça de Portugal 2003, da Liga Europa da UEFA 2002/03 e da Copa BES de 2002/03.

Ainda fora do Brasil, jogou no Ulsan Hyndai e Jeonbuk Hyndai Motors, da Coreia do Sul - em ambos, foi campeão da Liga dos Campeões AFC.

Ele também passou por grandes times no Brasil e exterior. Formado na base do Corinthians Alagoano, Zé Carlos logo despertou interesse de clubes portugueses e acertou contrato com o Porto.

De volta ao país, Zé foi campeão mineiro pelo Cruzeiro e Alagoano pelo CRB. Além das taças, o atleta foi artilheiro nos clubes que jogou.

Zé Carlos, segundo maior goleador da Série B, entra na mira de clubes do Brasil
Zé Carlos, segundo maior goleador da Série B, entra na mira de clubes do Brasil

No Paulista de Jundiaí, em 2009, foi artilheiro no Paulistão e quinto na competição com dez gols. Já na Portuguesa de Desportos, disputou o Brasileiro da Série B de 2009 e fez oito.

Zé do Gol voltaria ao clube da capital em 2010, com mais cinco tentos. Ele ainda passou por Ponte Preta, FC Vizela (POR), Gamba Osaka (JAP), Changchuan Yatai (CHI), Sharj (EAU), Ajaman Club (EAU) e Fortaleza, onde realizou dez jogos e balançou as redes em seis vezes.