Cafu confia que Brasil pode ser campeão da Copa América mesmo sem Neymar

Sem o camisa 10 do Brasil, o ex-lateral citou Messi, Suárez, Cavani, Falcao e James Rodríguez entre os destaques do torneio

por Agência Estado

São Paulo, SP, 12 - O ex-jogador Cafu afirmou nesta quarta-feira, durante evento promovido pelo Comitê Organizador Local da Copa América no estádio do Morumbi, que acredita que o Brasil pode ser campeão do torneio mesmo sem Neymar. O atacante do Paris Saint-Germain rompeu os ligamentos do tornozelo direito na semana passada e foi cortado da lista de convocados para o torneio.

"O Brasil perde um grande jogador, um dos mais importantes da seleção. Muda taticamente e o Tite vai ter de montar a equipe sem ele. Mas acredito que isso não vai impedir a seleção de fazer grandes jogos e que o Brasil possa conquistar o título", afirmou Cafu.

RISCO DE PERDA
A seleção brasileira também corre o risco de perder o volante Arthur. O jogador do Barcelona levou uma pancada no joelho direito no amistoso com Honduras, no domingo, e saiu de campo de maca, ainda no primeiro tempo.

Arthur não participou dos últimos dois treinos da seleção em São Paulo, continua em observação e não deve atuar diante da Bolívia. A CBF tem até a noite de quinta-feira para comunicar à Conmebol um possível corte de Arthur da lista de convocados da Copa América - o prazo limite é 24 horas antes da estreia da seleção no torneio.

Cafu acredita que Brasil pode vencer a Copa América mesmo sem Neymar. (Foto: Getty Images)
Cafu acredita que Brasil pode vencer a Copa América mesmo sem Neymar. (Foto: Getty Images)

CRAQUES

Com o corte de Neymar, Cafu preferiu não se arriscar a dar o seu palpite sobre quem será o craque do torneio. A Argentina desembarcou no Brasil com Lionel Messi, enquanto o Uruguai conta com os atacantes Luis Suárez (recuperado de lesão no joelho direito) e Edinson Cavani.

"Dizer quem será o melhor jogador da competição é muito prematuro. Não dá para fazer qualquer prognóstico. Espero ver grandes jogos. Acredito que vai ser uma Copa América diferente das outras, com grandes seleções", afirmou Cafu.

O ex-jogador, porém, também aposta alto na Colômbia. "Falcao (Garcia) e James [Rodríguez] são os jogadores mais conhecidos. Falcao teve de superar lesões, é um jogador guerreiro, merece o nosso respeito, e o James é, sem sombra de dúvidas, um dos melhores jogadores do mundo", disse.

A Copa América começa na sexta-feira, com o jogo entre Brasil e Bolívia, no Morumbi. Às 21h, haverá um show de abertura comandado pelo brasileiro Léo Santana e pela colombiana Karol G, intérpretes da música-tema da Copa América. A apresentação vai durar aproximadamente dez minutos.