Regulamento do Pernambucano de 2020 é confirmado com novidades e terá 13 datas

Os dez times jogarão em turno único; após nove rodadas, os seis melhores avançam ao mata-mata

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 18 (AFI) - A Federação Pernambucana de Futebol (FPF-PE) realizou o Conselho Arbitral com o representantes de Náutico, Sport, Santa Cruz, Central, Salgueiro, Vitória, Afogados, Petrolina, Decisão e Retrô, nesta segunda-feira, e confirmou como será a próxima edição do Campeonato Pernambucano, que acontecerá entre 18 janeiro e 26 abril e terá 13 datas.

O regulamento passou por importantes mudanças e terá um formato inédito. Na primeira fase, os dez clubes se enfrentarão em turno único. Após nove rodadas, os seis melhores avançam; por outro lado, os quatro piores lutarão contra o rebaixamento.

Assim, o mata-mata terá três etapas. Na primeira, o terceiro colocado enfrentará o sexto; enquanto o quarto encarará o quinto - as equipes de melhor campanha fazem o único duelo como mandantes. Em caso de empate, haverá disputa de pênaltis.

Nas semifinais, os dois times que passarem pelo playoff se juntam ao líder e ao vice-líder da primeira fase. De novo, os classificados serão definidos em apenas uma partida - os dois primeiros da fase inicial jogam em casa. Caso haja igualdade após 90 minutos, o finalista sairá nas penalidades máximas.

A decisão será realizada em dois confrontos, com o dono da melhor campanha fazendo a finalíssima diante de seus torcedores. Empate no agregado de 180 minutos também forçará a disputa de pênaltis.

Paralelamente a isso, os quatro últimos da primeira fase farão um quadrangular da morte. Eles se enfrentarão em turno único e, após três rodadas, os dois piores estarão rebaixados.

Guilherme fez o gol do Sport esse ano na finalíssima diante do Náutico. O Timbu venceu por 2 a 1, mas perdeu o título nos pênaltis - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Guilherme fez o gol do Sport esse ano na finalíssima diante do Náutico. O Timbu venceu por 2 a 1, mas perdeu o título nos pênaltis - Foto: Divulgação

"Foi muito boa a reunião, tivemos a satisfação do alinhamento de todos os clubes. Aquela proposta que a federação insistia em não ter a disputa de 3° lugar unanimemente foi aceita, passar os seis clubes também foi unanimemente aceito, com os dois passando para semifinal", disse o presidente da FPF-PE, Evandro Carvalho.

"Talvez em cinco anos tenha sido a primeira vez que tenhamos tido apenas uma reunião, alinhando as posições de todos os clubes e definido o modelo em uma única reunião. A federação fica muito satisfeita", completou o mandatário da federação em contato com a imprensa após a reunião.