Clássico pernambucano é marcado por briga e 60 pessoas ficam feridas

Confusão aconteceu durante o intervalo e foi entre torcedores do Santa Cruz e Polícia Militar

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 08 (AFI) - O empate entre Sport e Santa Cruz, por 1 a 1, no Clássico das Multidões realizado na noite desta quarta-feira na Ilha do Retiro, pela 11ª rodada do Campeonato Pernambucano, ficou em segundo plano. Uma confusão entre torcedores tricolores e a Polícia Militar no intervalo terminou com 60 pessoas feridas e manchou um dos duelos de maior rivalidade do futebol nordestino.

A confusão na arquibancada destinada aos visitantes começou quando um torcedor tricolor acendeu um sinalizador - o que é proibido - e a Polícia Militar, ao tentar apagar o artefato, teria abusado da força e entrado em confronto com outros torcedores. Houve correria nas arquibancadas e algumas pessoas tentaram quebrar um portão que dava para o gramado, mas a PM utilizou o spray de pimenta.

Cerca de 60 torcedores do Santa Cruz precisaram ser atendidos no gramado após confusão com a Polícia Militar
Cerca de 60 torcedores do Santa Cruz precisaram ser atendidos no gramado após confusão com a Polícia Militar

Muitas pessoas passaram mal e foram levadas para dentro do gramado, onde receberam atendimento de bombeiros e médicos presentes na Ilha do Retiro. De acordo com o médico socorrista Caio Santos, em entrevista à Rádio Jornal, 60 torcedores precisaram ser atendidos: um sofreu uma crise convulsiva e outro teve fratura exposta.

As pessoas que mais preocuparam os médicos foram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Abdias de Carvalho, que fica próxima a Ilha do Retiro, além da Caxangá e Imbiribeira. Foram chamados mais de sete carros do SAMU para auxiliar no transporte dos feridos.

"É algo muito triste para a gente. Teve uma moça que falou que nunca mais voltaria. Isso nos entristece. Muita gente vem para se divertir, para um momento de alegria e acontece isso", afirmou o médico.

Como o Sport terminou na terceira colocação e o Santa Cruz foi o sexto colocado, os dois voltam a se enfrentar nas quartas de final do Campeonato Pernambucano.

SANTA CRUZ SE MANIFESTA
Após a confusão, o presidente do Santa Cruz, Constantino Júnior, publicou nota no site oficial do clube lamentando o ocorrido. "O clube vai prestar toda a assistência necessária aos seus torcedores que ficaram feridos. Temos consciência e lutamos sempre para ter essa família coral ao lado do clube, e não afastá-la do time."

O mandatário ainda pediu maior rigor na segurança e, indiretamente, mais atenção do Sport, o clube mandante da partida. "Não é apontar erro para ninguém, mas como o torcedor entrou com sinalizador? Temos de repensar e evitar algumas situações no futebol. Pedimos tanto ao torcedor para comparecer. Diante de tantos fatos, será que ele se sente à vontade para sair de casa e ir ao estádio? Precisamos reduzir estas situações que afastam o torcedor de bem."

 
 
" />