Júnior Rocha elogia disposição dos jogadores e aplaude apoio da torcida do Santa Cruz

Santa Cruz conqusitou sua segunda vitória seguida e, agora, fará o clássico contra o rival e líder Náutico

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 15 (AFI) - O Santa Cruz encerrou a sexta rodada do Campeonato Pernambucano com vitória, por 1 a 0, sobre o Afogados, no Estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira, na última quarta-feira. O gol foi anotado por Augusto Silva. O técnico Júnior Rocha (foto) comemorou a entrega e disposição dos seus comandados. O triunfo colocou o Santinha na zona de classificação.

“Não fomos eficientes o bastante para ter um jogo mais calmo, mas é assim mesmo. Na alma, na força, na vontade, na organização vamos construindo, colocando um tijolinho de cada vez para conseguirmos nossos objetivos. O que mais cobramos é entrega e o pessoal tem entendido isto. Temos feito nosso papel, e agora acompanhado de vitórias. Não é fácil começar do zero. Realmente estamos formando uma família e não é da boca para fora. Sabemos onde esse grupo quer chegar”, disse ele em entrevista coletiva.

Os elogios também foram direcionados aos torcedores que compareceram ao estádio. Júnior Rocha ainda lembrou da importância da torcida no Arruda no clássico contra o Náutico.

“Queria agradecer aos nossos torcedores, que compareceram hoje (quarta-feira). A reconstrução do clube, da confiança, a reconstrução do Santa Cruz em 2018 passa pelo torcedor. Aproveitamos para convocá-lo para o clássico. O torcedor sempre foi fundamental para o Santa e não vai ser agora que vai deixar de ser. Pelo contrário. Vai continuar sendo uma torcida maravilhosa. Então essa vitória também é do torcedor”, completou.

No próximo sábado, às 19h30 (horário de Brasília), o Santa Cruz fará o clássico contra o rival e líder Náutico no Estádio do Arruda, em Recife, pela sétima rodada do Estadual de Pernambuco. A segunda vitória seguida e sem levar gols colocou o Tricolor na zona de classificação. O Santinha ocupa o quinto lugar com seis pontos, cinco a menos do que o Timbu.

“Não sofrer gols em dois jogos é fundamental para nossa equipe, nos dá uma confiança muito grande. Conseguimos segurar a vantagem duas vezes seguidas. Começa lá da frente, não é só um trabalho da defesa. Todos lá na frente são muito dedicados. Têm sofrido muitas críticas, mas comigo estão muito bem”, finalizou Júnior Rocha.