Pernambucano: Rodada derruba Paulo Porto, no Atlético, e Pedro Manta, no Porto

O Atlético efetivou oficialmente o próprio auxiliar técnico Gabriel Lisboa

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 28 (AFI) – A última rodada da primeira fase do Campeonato Pernambucano causou a queda de dois treinadores, nesta quinta-feira. O primeiro a cair foi Pedro Manta no Porto, que ainda não anunciou um substituto. Depois, foi a vez de Paulo Porto perder o cargo no Atlético Pernambucano, este, porém, já havia colocado no contrato que sairia após a primeira fase. Mas o clube efetivou oficialmente o próprio auxiliar técnico Gabriel Lisboa.

Os dois times faziam parte do Grupo A e acabaram ficando fora do Hexagonal Final. No Porto, a expectativa da diretoria era de que o clube classificasse para enfrentar os principais clubes do

Elenco do Atlético Pernambucano será comandado por Gabriel Lisboa
Elenco do Atlético Pernambucano será comandado por Gabriel Lisboa

Estado e ainda garantisse uma vaga na Série D do Brasileiro. Fato que não ocorreu. Após a derrota no clássico para o Central, por 3 a 1, Lisboa terá a missão de salvar o time do rebaixamento no Hexagonal do Rebaixamento.

O mesmo aconteceu com o Atlético, que “morreu na praia” no mesmo grupo. Na quarta, o time apenas empatou com o lanterninha Belo Jardim, por 1 a 1, em casa. Os atleticanos acabaram na segunda posição, com nove pontos. Foram quatro a menos que o líder Central. O Porto foi o terceiro colocado com oito, enquanto o Belo Jardim terminou com dois.

Os dois hexagonais começam já neste final de semana. Brigam pelo Hexagonal Final América, Central, Náutico, Salgueiro, Santa Cruz e Sport. Em compensação, pelo Hexagonal do Rebaixamento, estarão na disputa Atlético, Belo Jardim, Pesqueira, Porto, Serra Talhada e Vitória das Tabocas.

 
 
" />