Paulista A2: Penapolense demite Paulinho Kobayashi após derrota em Limeira

Três nomes estão na lista de preteridos da diretoria para a sequência do campeonato

por Agência Futebol Interior

Penápolis, SP, 25 (AFI) – Após perder para o Independente, por 2 a 0, em Limeira, na noite da última quarta-feira, a diretoria do Penapolense optou pela saída do técnico Paulinho Kobayashi (foto abaixo), experiente, mas que não teve um inicio regular no Campeonato Paulista da Série A2.

O elenco retornou de viagem na madrugada e se reapresentou na manhã desta quinta-feira. Foi então que diretoria e Paulinho se reuniram e ficou decidido que era o momento de trocar o comando técnico. Heleno, ex-volante de Santos, Ceará e que encerrou a carreira no CAP assume interinamente.

A diretoria tem pressa para definir o seu substituto. Segundo a Rádio Difusora de Penápolis, três nomes encabeçam a lista de preteridos: Evaristo Piza, Gilberto Pereira e Leandro Campos. Destes, Piza é o que tem mais chances de desembarcar no Tenente Carriço. Foi campeão da A2 com o Capivariano em 2014 e dirigiu o time no Paulistão desta temporada.

Gilberto Pereira fez boa parte da sua carreira em Goiás, tendo dirigido Goiânia, Trindade, Anapolina e Crac. Seu último clube foi o Atlético-GO. Já Leandro Campos ficou conhecido quando dirigiu o ABC no Campeonato Brasileiro da Série B de 2012, e depois disso ainda passou por Joinville, Ceará, ASA e Treze.

Com a derrota em Limeira, o Penapolense caiu para a 14.ª posição, com oito pontos ganhos. Está a uma posição da zona de rebaixamento.

 
 
" />