A3: Ito Roque comemora título e campanha "soberana" do Penapolense

CAP conquistou o título da A3 na manhã deste domingo: 2 a 1 sobre a Santacruzense.

por Agência Futebol Interior

Penápolis, SP, 22 (AFI) - Em clima de festa e muita alegria no Estádio Tenente Carriço, o treinador Ito Roque, que levou o CAP à um acesso inédito, 24 anos depois e à um título que marcou a cidade comemorou junto com os jogadores e diretoria e a torcida o grande feito. Grande revelação na temporada no futebol paulista, com números irrepreensíveis em dois torneios, a Copa Paulista e a A3, Ito Roque enfatizou ao Futebol Interior, o grande trabalho que foi realizado no Penapolense iniciado há um ano, a partir da Copinha de 2010.

"Esse título e o acesso foram frutos de um trabalho de seriedade, com planejamento e feito em equipe, onde cada um deu sua quota de participação, e o resultado está aí para todos verem", contou o treinador, em clima de celebração.

"Tivemos um plantel qualificado, mas acima de tudo de homens e com seriedade, acima de tudo, comprometido com o time e a cidade, e com os objetivos traçados desde o inicio desta campanha, desde 2010 na Copa Paulista e isso é fundamental numa campanha como essa", comentou o treinador campeão.

Ito disse que vai comemorar o título agora, depois descansar alguns dias com a sua família, que também foi fundamental dando força em todas as horas. Sobre o seu destino, Ito Roque frisou que logo após esses dias de folga irá se reunir com o presidente do CAP (Nilson Moreira), para discutir sua situação. Sobre novas propostas, ele disse que o que existem são especulações, mas que antes de qualquer coisa vai conversar com os dirigentes da Pantera.

"O CAP é um clube que aprendemos a gostar e trabalhar, com uma diretoria focada e empenhada, que nos deu todo respaldo até hoje. Vou tirar uns dias para ficar com minha familia e depois volto a conversar com o presidente". disse Ito.

O treinador destacou o trabalho da comissão técnica, gerente de futebol Júlio Rondinelli, do preparador físico Erick Violla, do preparador de goleiros Wilson Roberto, do fisioterapeuta Fabricio de Sousa, do fisiologista Clodoaldo, do Mordomo Cortez e do massagista Strike. “Eles foram fundamentais nesta conquista e sem um trabalho em equipe não se vai a lugar algum”, frisou treinador do CAP.

De olho na A2 2012
Falando depois do jogo o presidente do CAP, Nilso Moreira já fazia planos para a sequencia da temporada. "Foi um título que começou lá atrás no ano passado, na Copa Paulista, onde a equipe que fez uma ótima campanha, com o professor Ito Roque, o diretor Júlio Rondinelli, com grande trabalho, teve sequencia, como manda o futebol atual, e coroamos Penápolis com esse acesso e título maravilhoso", afirmou o presidente do Penapolense.

Ele contou que a diretoria já começa a pensar no projeto para a Série A2 do ano que vem e vai se empenhar ao máximo para manter o atual elenco e comissão técnica. "O torcedor do CAP, que nos apoiou em todos os momentos desta série A3 pode ter certeza que vamos tentar manter esse grupo vencedor e a comissão técnica, principalmente com o Ito (Roque), que fez esse grande trabalho conquistando o título e o acesso para a A2. Contamos neste ano com o apoio da cidade, da Prefeitura, dos empresários, da Câmara de Vereadores e de pessoas que amam o CAP e vamos em frente. O Ito só sai daqui com uma proposta muito maior que a nossa, mas queremos mantê-lo aqui para a Copinha e A-2. Se essa proposta aparecer, infelizmente teremos que pensar em outra opção e desejaremos boa sorte e agradeceremos a ele pelo grande trabalho feito no CAP", disse após o jogo o presidente da Pantera.

Números indiscutíveis e quase 100 pontos
Treinador da nova geração,o gaúcho Ito Roque assumiu o Penapolense no ano passado na Copa Paulista, vindo do Atlético Sorocaba. E já fez bonito, chegando entre os quatro primeiros. Foram 40 pontos em 20 jogos, 11 vitórias, sete empates e somente duas derrotas, e um aproveitamento médio de 75% dos pontos. O time de Penápolis, sob seu comando, muito ofensivo, marcando 41 gols e uma defesa sólida tomando somente15 gols e saldo de 26 gols.

Neste ano, no Campeonato Paulista da Série A3, Ito manteve a excelente campanha com 26 jogos e a marca impressionante de com 59 pontos ganhos, 18vitórias, cinco empates e apenas três derrotas. Sob seu comando, a Pantera foi uma máquina de marcar gols: 49 gols anotados, e a defesa segura, tomando somente 21 gols, saldo de 38 gols. O aproveitamento dos pontos do treinador ficou acima dos 75% dos pontos disputados na A3.

Ainda segundo os números do treinador campeão da A3, desde 2010 até 2011 Ito já fez no Penapolense 43 jogos com 99 pontos, com 29 vitórias,12 empates e cinco derrotas em um ano, com 90 gols marcados e 36 sofridos, saldo de 54 gols.

Artilharia pesada
Sob o comando do treinador Ito Roque, os artiheiros cansaram de marcar gols pelo CAP. No time campeão do CAP de 2011 da Série A3, que marcou 49 gols, o artilheiro foi Luciano Gigante com 14 gols, contra 11 de Fio, 7 de Rodrigo Biro, 6 de Felipe Alves, 5 de Reinaldo, 4 de Niander, 2 de Marcelinho e 1 gol de Caio e Perez . Na Copa Paulista do ano passado, onde o CAP ficou em terceiro lugar, Fio foi o artilheiro com 10 gols, contra 9 de Luciano Gigante, 5 de Anderson Cavalo, 4 de Ferrinho e Perez, 3 de Rodrigo Biro, 2 de Jailton e um gol de Alan, Anderson, Luiz Henrique Luna e Rubens

Nos dois torneios, o artilheiro do CAP de Ito Roque foi Luciano Gigante com 19 gols, vindo depois, Fio com 17 gols, 10 de Rodrigo Biro, 6 de Felipe Alves, 5 gols de e Anderson Cavalo e Reinaldo, 4 de Niander, 2 gols de Jailton e Marcelinho e 1 gol de Caio, Perez, Rubens, Luis Henrique, Anderson e Alan.

Defesa forte
A defesa do CAP, com os goleiros Washington e Joáo Guilherme foi outro ponto forte do time na A3 e só tomou 21 gols em 20 jogos.

 
 
" />