'Peço que a torcida nos apoie', clama ex-Ponte Preta em apresentação em time da Série C

"As pessoas do extracampo, que não pensam em ajudar, que pelo menos não atrapalhem", falou João Brigatti em chegada ao Paysandu

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 26 (AFI) - Na parte intermediária do Grupo A, o Paysandu apresentou, na tarde desta segunda-feira (26), o técnico João Brigatti, que comandava a Ponte Preta até o começo do mês, visando a sequência do Campeonato Brasileiro da Série C.

"Beijar esse escudo chega a arrepiar, me deixa emocionado, é um momento único na minha vida. Já conversei com o (executivo) Felipe (Albuquerque) e o presidente (Ricardo Gluck Paul). (Eles) estão abertos (a contratar), mas nosso elenco é muito qualificado para a Série C. Depende de uma observação. Precisamos contratar atletas para jogar, ajudar", declarou.

O treinador deve estrear no sábado, 31, às 19h, diante do Manaus, em Belém (PA), no Mangueirão, pela 13.ª rodada da primeira fase. O Papão da Curuzu aparece na sétima colocação do Grupo A, com 15 pontos. Ferroviário, com 15, fecha o G-4, enquanto Botafogo-PB, com 11, abre o Z-2.

João Brigatti - Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu
João Brigatti - Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu
"Quem vai levar o Paysandu à Série B é o elenco, o conjunto dos atletas. Tem literalmente que ralar a bunda no chão. Vamos ter uma vida muito difícil na Série C, mas conto com o empenho e determinação de um elenco que é muito qualificado. O Paysandu não merece passar por essa situação. Podemos almejar coisas muito boas nessa Série C", falou.

"Peço que a torcida nos apoie do inicio ao final. As pessoas do extracampo, que não pensam em ajudar, que pelo menos não atrapalhem. Precisamos de um momento de paz, para que possamos ter tranquilidade dentro de campo", completou.