Presidente do Paysandu recebe efeito suspensivo do STJD e volta a exercer mandato

Mandatário havia recebido punição de 30 dias por ter ofendido o árbitro gaúcho Leandro Pedro Vuaden

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 19 (AFI) - O presidente do Paysandu, Ricardo Gluck Paul, já pode voltar a exercer o mandato. Ele recebeu efeito suspensivo do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e poderá trabalhar normalmente no cargo. O mandatário estava suspenso das atividades por 30 dias.

Ricardo Gluck foi suspenso em 8 de novembro por ter ofendido o árbitro gaúcho Leandro Pedro Vuaden. A Associação Nacional dos Árbitros (ANAF) moveu a ação contra o presidente do Papão e ganhou, por ora.

"Conseguimos hoje. (Ricardo Gluck Paul) Pode atuar normalmente até o julgamento do recurso pelo Pleno (do STJD)", disse Alexandre Pires, diretor jurídico do Bicolor.

Livre, leve e solto, Ricardo Gluck poderá acompanhar a delegação do Paysandu na final da Copa Verde nesta quarta-feira, pás 21 horas. Como venceu o Cuiabá na ida por 1 a 0, o clube paraense jogará pelo empate para ser bicampeão.