Ídolo do Paysandu é internado após ser agredido por assaltante, mas passa bem

Derrubado pelo assaltante, Quarentinha bateu a cabeça e chegou a ficar inscosciente

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 05 (AFI) - Grande ídolo do Paysandu, o ex-atacante Paulo Benedito dos Santos Braga, o Quarentinha, passou por um grande susto no último domingo. Aos 84 anos, ele foi vítima de um assalto em no bairro do do Umarizal, na travessa Curuçá. Quarentinha caminhava quando foi abordado por criminoso em uma moto.

O assaltante roubou um cordão de ouro do ex-jogador e ainda o derrubou no chão. Na queda, o ídolo bicolor bateu a cabeça no chão e precisou ser internado, ainda insconsciente. Ele teria reagido ao assalto em razão do valor da jóia, relíquia conseguida durante uma excursão à Santarem em 1969.

Foto: Divulgação / Paysandu
Foto: Divulgação / Paysandu
Após ser levado ao Pronto Socorro Màrio Pinotti, Quarentinha foi transferido para um hospital particular. Uma série de exames foi feita e nada de grave foi constatado pelos médicos, tanto que a previsão de alta é para esta segunda-feira.

O Paysandu e até o rival Remo publicaram comunicados oficiais nas redes sociais para lamentar o fato de violência ocorrido com o ex-jogador. Um dos maiores íodolos da história do Papão, Quarentinha detém o recorde de 12 títulos estaduais na carreira, jogando 18 temporadas pelo time bicolor.