Série B: Paysandu amarga jejum superior a 10 meses como visitante

A única vitória do Papão longe de seus domínios foi na estreia do campeonato, sobre a Ponte Preta, em Campinas

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 01 (AFI) - O Paysandu precisa quebrar um jejum que dura mais de dez meses para não se complicar ainda mais na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. A última e única vitória como visitante foi justamente na estreia, quando bateu a Ponte Preta, por 1 a 0, em Campinas, no dia 14 de abril.

De lá para cá, o Papão atuou mais 15 partidas longe de Belém e os números são decepcionantes: seis empates e nove derrotas. O time bicolor só tem melhor campanha como visitante que o lanterna e virtual rebaixado Boa Esporte.

Amargando um jejum de sete jogos sem vitória, o Paysandu está em situação bastante delicada na Série B. Com 33 pontos, o time comandado por João Brigatti é o 18º colocado e, além de ganhar do Vila Nova, em Goiânia, nesta sexta-feira, precisaria torcer por uma combinação de resultados para deixar a degola na 34ª rodada.

A única vitória do Paysandu como visitante na Série B foi na estreia contra a Ponte Preta
A única vitória do Paysandu como visitante na Série B foi na estreia contra a Ponte Preta
Para essa partida, João Brigatti vai realizar pelo menos uma mudança. O zagueiro Diego Ivo recebeu o terceiro cartão amarelo na última rodada e dá lugar para Fernando Timbó, que atuou na lateral esquerda no empate com o Coritiba. A vaga será ocupada por Guilherme Santos, que retorna após cumprir suspensão.

O provável Paysandu para esse jogo é: Renan Rocha; Maicon Silva, Perema, Fernando Timbó e Guilherme SantosWillyan, Renato Augusto, Felipe Guedes e Thomaz; Mike e Hugo Almeida.

 
 
" />