Série B: João Brigatti mostra confiança, mas pede pés no chão ao Paysandu

O Papão ganhou do Avaí, por 2 a 1, na última rodada, e deixou a zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 11 (AFI) - Na última rodada, o Paysandu encerrou um jejum de sete jogos sem vitória ao bater o Avaí, por 2 a 1, na Curuzu, e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B. A partida marcou a estreia de João Brigatti no comando do Papão.

O ex-treinador da Ponte Preta reconheceu que a situação do clube paraense ainda é difícil, mas acredita que o Paysandu tem condições de escapar do rebaixamento. Neste momento, o Papão está na 16ª colocação, com 29 pontos, um a mais que o Brasil de Pelotas, primeiro da zona de rebaixamento.

"É uma dificuldade muito grande, uma situação difícil dentro do campeonato, mas acreditamos muito que vamos sair dessa situação. É ter os pés no chão sempre, pois sabemos que a dificuldade vai ser grande daqui para frente", comentou o treinador.

O técnico João Brigatti acredita que o Paysandu vai escapar do rebaixamento
O técnico João Brigatti acredita que o Paysandu vai escapar do rebaixamento
DUELO DIRETO

João Brigatti destacou a importância da próxima partida para as pretensões do Paysandu dentro do campeonato. No sábado, o clube vai até Varginha encarar o Boa Esporte, que está na penúltima colocação, com 24 pontos.

"Procuramos pensar jogo a jogo. Eu digo para eles (jogadores) que temos uma partida de 18 pontos contra o Boa Esporte. Se a gente conseguir uma vitória nos dá muito mais tranquilidade para sonhar com algo a mais no campeonato", finalizou Brigatti.

Na última segunda-feira, quando se encerrou o prazo para a inscrição de novos jogadores na Série B, o Paysandu oficializou as chegadas do zagueiro Fábio Alemão e do meia Romarinho.

 
 
" />