Copa Verde: Paysandu pede ‘pé no chão e humildade’ para chegar ao título

“É jogar exatamente como a gente vem jogando do primeiro ao último minuto", disse o zagueiro Edimar

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 15 (AFI) - Um sinônimo de bons resultados recentes do Paysandu atende pelo nome de Edimar. Titular absoluto do time, o zagueiro coleciona ótimos números. Nos últimos sete compromissos, nada de derrota. São cinco vitórias e dois empates. E o defensor jogou todos os minutos de todos os jogos. Ele quer manter a boa fase na quarta, quando o Papão pode levantar a Copa Verde. Venceu o primeiro jogo por 2 a 0 fora de casa.

“Claro que é bem legal essa minha fase de agora. Não só pela invencibilidade, mas também por ter jogado todos os minutos com essa camisa. E claro que foi bom vencermos o jogop de ida da grande final. Mas isso entra em campo? Claro que não. Vai ser um outro jogo, uma outra história e nada disso entra em campo. É pé no chão e humildade”, avisou o jogador.

Copa Verde: Paysandu pede ‘pé no chão e humildade’ para chegar ao título
Copa Verde: Paysandu pede ‘pé no chão e humildade’ para chegar ao título
Para Edimar, o Paysandu tem que manter sua postura de jogo. Só assim vai poder comemorar o título junto do torcedor.

“É jogar exatamente como a gente vem jogando do primeiro ao último minuto. Tem que jogar. Claro que vamos manter o equilíbrio, mas que é a característica do nosso time. Não temos que pensar no resultado do primeiro jogo. O time deles é forte. Temos que respeitar. Estamos bastante focados para fazer um grande jogo e conquistar esse título junto do nosso torcedor que é sensacional”, finalizou. Paysandu e Atlético-ES duelam nesta quarta, às 21h30, no Mangueirão.