'Primeiro de muitos', diz Renan Rocha após título da Copa Verde com o Paysandu

A 11 jogos como titular e sem saber o que é perder, goleiro comemora conquista de forma invicta

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 17 (AFI) - O Paysandu é o primeiro bicampeão da Copa Verde. Vitorioso em 2016, o time paraense voltou a levantar o troféu em 2018 ao empatar por 1 a 1 com o Atlético-ES na noite desta quarta-feira, no Mangueirão. No jogo de ida, em Cariacica, havia vencido por 2 a 0.

Titular na meta bicolor e peça importante na campanha da conquista, Renan Rocha está a 11 partidas invicto. O goleiro vem sendo destaque com grandes defesas, na Copa Verde e na Série B.

"Espero que seja o primeiro de muitos. Estou muito feliz em entrar para a história do clube junto com meus companheiros, conquistando esse título de âmbito nacional e de forma invicta", disse Renan.

Foto: Fernando Torres / Paysandu.
Foto: Fernando Torres / Paysandu.

"Desde que estreei, é verdade que não perdi, fico feliz em poder ter ajudado meus companheiros a não perder. Espero que essa invencibilidade possa durar muito, pois seria um grande passo para o nosso principal objetivo agora que é o acesso a série A", completou.

Com a conquista do título, o Papão da Curuzu conseguiu a vaga direto para às oitavas de final da Copa do Brasil de 2019. Desde que a Copa Verde passou a ser disputada, em 2014, o Paysandu chegou a quatro finais: são dois vices (2014 e 2017) e agora dois títulos (2016 e 2018).

Além da Copa Verde 2018 pelo Paysandu. Renan Rocha foi campeão Paranaense de 2009 pelo Atlético-PR. E em 2017, foi peça fundamental na conquista do acesso a elite do Paulistão, com o Bragantino/SP.

 
 
" />