PA: Paysandu surpreende e anuncia treinador que era coordenador-técnico

O acerto com Sérgio Cosme deu após a confirmação da reeleição do presidente Luiz Omar

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 05 (AFI) - O Paysandu, time mais vezes campeão no Pará, surpreendeu ao anunciar Sérgio Cosme como seu treinador para 2011. Sérgio Cosme vinha sendo coordenador técnico do Vila Nova-GO, tendo feito um bom trabalho, ajudando o time goiano a permanecer na Série B do Campeonato Brasileiro.

A imprensa de Belém dava como certa a contratação de Givanildo Oliveira, que já dirigiu o Paysandu em outros anos e que vinha dirigindo a Ponte Preta, no Brasileiro da Série B, competição na qual foi muito mal. O acerto com Sérgio Cosme deu após a confirmação da reeleição do presidente Luiz Omar.

Apesar dos primeiros meses de 2011 serem corridos, pois o Paysandu disputa o Campeonato Paraense e a Copa do Brasil, o grande objetivo do time paraense é o acesso na Série C. O Paysandu é o time mais forte da região Norte do Brasil, e chegou a disputar a Libertadores da América recentemente, mas nos últimos anos vem capengando. Seu rival, Remo, é outro que também não atravessa bom momento e sequer tem vaga assegurada na Série D nacional.

Com 60 anos, Sérgio Cosme foi zagueiro de vários times pequenos do Rio de Janeiro, chegou a jogar no Fluminense, e depois passou um treinador de prestígio no futebol brasileiro tendo comandado times de ponta como Fluminense, Grêmio, Atlético-PR, Criciúma, Santa Cruz-PE, além de ter dirigido vários outros times. No interior paulista esteve no Bragantino, Araçatuba e XV de Piracicaba.

Mas nos últimos anos, Sérgio Cosme não vinha bem e chegou a trabalhar até mesmo em equipes da Segunda Divisão do Rio de Janeiro. Seu ressurgimento deu-se com a campanha no Vila Nova, onde ajudou o treinador Ademir Fonseca (atualmente no Oeste) a reestruturar o time com a Série B do Brasileiro em andamento.

 
 
" />