Velo Clube 2 x 1 EC São Bernardo - Rubro-Verde sai na frente na briga pelo título

O jogo de volta já acontece na próxima segunda-feira (16), no Estádio Primeiro de Maio, para definir o campeão do Paulista A3

por Agência Futebol Interior

Rio Claro, SP, 13 (AFI) - Em vantagem. Na tarde desta sexta-feira (13), o Velo Clube fez jus ao fator casa e saiu na frente na briga pelo título inédito do Campeonato Paulista da Série A3. Em partida válida pela rodada de ida da grande decisão, sob uma forte chuva, o time Rubro-Verde recebeu e venceu o EC São Bernardo, pelo placar de 2 a 1, no Estádio Benito Agnelo Castellano, em Rio Claro. Lucas Duni e Felipinho marcaram para o time mandante, enquanto Victor Sapo descontou.

As duas equipes voltam a se encontrar já na próxima segunda-feira (16), às 15h, no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo. Como venceu o jogo de ida, o Velo Clube terá a vantagem de jogar pelo empate para ficar com o título. Já para o EC São Bernardo resta apenas uma vitória por dois ou mais gols no tempo regulamentar para ser campeão. Em caso de vitória por um gol de diferença, a decisão irá para os pênaltis.

Além do troféu, o campeão recebe R$ 100 mil como prêmio e o vice fica com uma quantia de R$ 77 mil.

CONFIRA A PARTIDA DE IDA DA DECISÃO NA ÍNTEGRA

Espaço incorporado por HTML (embed)

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o Velo Clube dominou boa parte do primeiro tempo e mostrou superioridade desde o apito inicial. Tanto que não demorou para abrir o placar. Logo aos dois minutos, Everton recebeu na linha de fundo e cruzou na área, onde encontrou Lucas Duni, que chutou de primeira para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Maurício.

Velo Clube faz jus ao fator casa e abre vantagem contra EC São Bernardo (Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão)
Velo Clube faz jus ao fator casa e abre vantagem contra EC São Bernardo (Foto: Rodrigo Corsi/Paulistão)

Assustado com o gol no inicio, o EC São Bernardo apostou nas finalizações de fora da área. Aos nove minutos, Osvaldir arriscou de longe e parou em uma defesa em dois tempos do goleiro Felipe Garça. Em um lance parecido, o meia cruzou na área e Raul desviou de cabeça, mandando a bola por cima do gol. Já aos 25, o Velo Clube chegou a marcar o segundo gol, mas a arbitragem constatou um impedimento no lance e invalidou.

De qualquer forma, os donos da casa seguiram em cima e quase ampliaram o placar aos 31. Após uma cobrança de escanteio na área, a bola sobrou para Paranhos, que ajeitou e chutou com a perna esquerda, mas acabou mandando ao lado da trave. Nos minutos finais, o EC São Bernardo acabou se complicando ainda mais, após Raphael ser expulso por interromper um contra-ataque. Mesmo assim, o primeiro tempo terminou com a vitória parcial do Velo Clube.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o Velo Clube não sossegou e seguiu fazendo pressão na área adversária. Tanto que o segundo gol veio logo nos primeiros minutos do segundo tempo. Aos sete minutos, Everton fez bela jogada pela direita e tocou para Felipinho, dentro da área, que finalizou rasteiro no canto esquerdo do goleiro Maurício, que até tentou fazer a defesa, mas não conseguiu evitar o gol.

A resposta do EC São Bernardo também foi objetiva e aos 25 minutos, conseguiu marcar o gol de honra. Victor Sapo recebeu na área, se livrou de dois zagueiros e bateu na saída do goleiro Felipe Garça. Após o gol, o time visitante começou a procurar o empate de qualquer forma. Apesar das muitas chances criadas nos minutos finais, o primeiro jogo da decisão terminou mesmo com a vitória do Velo Clube por 2 a 1.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
1ª rodada
Data
13/11/2020
Horário
17h00
Local
Benito Agnelo Castellano - Rio Claro (SP)
Árbitro
Vinicius Furlan

Renda
--
Assistentes
Leonardo Tadeu Pedro e Veridiana Contiliani Bisco

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
EC São Bernardo: Felipe, Eliandro, Renato Peixe (técnico)

Cartões Vermelhos
Velo Clube: Vitão
EC São Bernardo: Raphael
Gols
Velo Clube: Lucas Duni 2' 1T, Felipinho 7' 2T
EC São Bernardo: Victor Sapo 25' 2T
Velo Clube
Felipe Garça;
Everton (Alexandre Carvalho), Diogo Henrique, Leonardo Gobo e Janilson;
Niander, Eurico, Paranhos e Felipinho (Christian);
Lucas Duni (Vitão) e Igor Etoo (Frank).
Técnico: Cléber Gaúcho
EC São Bernardo
Maurício;
Raphael, Erwin, Dante (Esquerdinha) e Iago (Luís Phelipe);
Dudu, Osvaldir, Murilo (Eliandro) e Felipe;
Victor Sapo (Lucas Gomes) e Chuck (Yuri).
Técnico: Renato Peixe