Velo Clube x Noroeste - Com favorito destacado, Galo e Norusca abrem semifinais

O duelo inicial entre as equipes está marcado para o Estádio Benito Agnelo Castellano, em Rio Claro, neste sábado (31), às 17h

por Agência Futebol Interior

Rio Claro, SP, 30 (AFI) - Chegou a hora da verdade. Neste sábado (31), no jogo que abre a rodada de ida das semifinais do Campeonato Paulista da Série A3, Velo Clube e Noroeste escrevem o primeiro capítulo da história que depois de 180 minutos levará um deles ao tão acesso para a Série A2 de 2021. O duelo inicial entre as equipes está marcado para o Estádio Benito Agnelo Castellano, em Rio Claro, às 17h.

Como não há vantagem por gol fora ou melhor campanha, em caso de empate no placar agregado, a decisão do acesso e de quem avança para a grande decisão do estadual, ficará para os pênaltis. A partida de volta das semifinais está marcada para o próximo sábado (07), às 17h30, desta vez no Estádio Alfredo de Castilho, em Bauru.

CAMPANHAS, COMO CHEGARAM ATÉ AQUI
Para chegar até aqui, o Noroeste foi dono da melhor campanha da primeira fase, com 35 pontos somados e um retrospecto de onze vitórias, dois empates e apenas duas derrotas. Tanto que liderou o campeonato praticamente do começo ao fim. Além disso, teve um dos melhores ataques e uma das melhores defesas, com 25 gols feitos - mesmo número do Comercial - e nove gols sofridos - empatado com o EC São Bernardo.

Dono da melhor campanha, o Noroeste está focado no acesso(Foto: Bruno Freitas/Noroeste)
Dono da melhor campanha, o Noroeste está focado no acesso(Foto: Bruno Freitas/Noroeste)
Apesar disso, o time de Bauru não teve vida fácil nas quartas de final. Depois de ficar no empate sem gols, no Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo, no jogo de ida, o time noroestino viu o Nacional sair na frente no duelo de volta em Bauru e precisou correr atrás do prejuízo para fazer o gol de empate no tempo regulamentar e vencer nos pênaltis, pelo placar de 5 a 3.

Do outro lado, o Velo Clube fez uma campanha de altos e baixos na primeira fase. Tanto que terminou na quinta colocação com 25 pontos, ou seja, dez a menos do seu adversário neste mata-mata. Em quinze jogos foram: sete vitórias, quatro empates e quatro derrotas. 18 gols marcados e 12 sofridos.

Mesmo assim, o time da cidade de Rio Claro foi o único time que não se classificou entre os quatro primeiros colocados na primeira fase e avançou para às semifinais, desbancando o Capivariano, nas quartas de final, que havia justamente ficado em quarto. Depois de fazer jus ao fator casa no Estádio Benitão, em Rio Claro, ao vencer por 2 a 0 no jogo de ida, o Velo Clube segurou o empate sem gols, fora de casa, no duelo de volta e ficou com a vaga.

INFORMAÇÕES DOS TIMES
VELO CLUBE
Na véspera do jogo de ida das semifinais, o Velo Clube está correndo contra o tempo para ter dois jogadores considerados titulares em campo neste sábado.São eles: o lateral-esquerdo Janilson e o atacante Lucas Duni. Isso porque, ambos os jogadores saíram do segundo tempo do duelo de volta das quartas de final contra o Capivariano, sentindo incômodos musculares e por enquanto estão em fase final de transição.

Tanto que a intenção do técnico Cléber Gaúcho é ter todos os jogadores a disposição para conseguir colocar força máxima em campo. De qualquer forma, caso não tenham condições de jogo, Alexandre Carvalho deve ser o substituto na lateral-esquerda. Para a vaga de Lucas Duni, no ataque, há várias opções, mas o favorito para assumir a titularidade é Frank.

O Velo Clube quer fazer jus ao fator casa para abrir vantagem
O Velo Clube quer fazer jus ao fator casa para abrir vantagem
NOROESTE
Para a importante partida, o técnico Luiz Carlos Martins levou 20 jogadores para Rio Claro, onde dois serão cortados momentos antes da parida na lista final dos 18. Alguns jogadores são dúvidas e outros retornam. O treinador, porém, não revela, mas se sabe que não há desfalques por suspensão ou lesão. O comandante falou do equilibrio no duelo, porque tanto o Velo Clube quanto o Noroeste não perdem há cinco jogos. Cada um somou três vitórias e dois empates nos últimos confrontos.

"Momento de muita responsabilidade. O Velo é um adversário difícil, calejado, time experiente, mas o pensamento do nosso grupo é de sempre tentar vencer. Respeitamos o Velo, respeitamos todos os adversários, mas é um respeito sem medo", disse o treinador.

O goleiro Pablo, um dos destaques do time, com defesas nas quartas de final que não saíram da mente do torcedor, falou sobre a disputa. "Expectativa é boa. Adversário difícil, qualificado, mas sabemos da força do nosso time, da nossa vontade de querer vencer e de conquistar o principal objetivo que é o Acesso", comentou o camisa 1 do Norusca.

Ficha Técnica

Fase
Semifinal
Rodada
1ª rodada
Data
31/10/2020
Horário
17h00
Local
Benito Agnelo Castellano - Rio Claro (SP)
Árbitro
Vinicius Furlan

Renda
--
Assistentes
Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Alex Alexandrino

Público
Portões Fechados
Cartões Amarelos
Velo Clube: Felipinho , Everton , Cléber Gaúcho
Noroeste: Igor Pimenta

Cartões Vermelhos
Noroeste: Igor Pimenta
Velo Clube
Filipe Garça;
Everton, Léo Turbo, Diogo e Alexandre Carvalho (Luis Roberto);
Niander, Eurico, Lucas Paranhos e Felipinho;
Igor Eto'o (Samuel) e Lucas Duni (Frank).
Técnico: Cléber Gaúcho
Noroeste
Pablo;
Carlinhos, Jean Pierre, Guilherme Teixeira e Renan;
Matheus Blade, Jonatas Paulista, Richarlyson (Denilton) e Igor Pimenta;
Fidel (Leleco) e Pedro Felipe (Lucas Shallon).
Técnico: Luis Carlos Martins