TJD protocola denúncia contra Batatais e rebaixamento da Série A3 pode mudar

O Taboão da Serra acusa o volante Marcos Paulo de ter burlado o INSS

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 29 (AFI) – O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) protocolou uma denúncia contra o Batatais, que teria escalado o jogador Marcos Paulo Dias de Almeida de forma irregular nas quatro primeiras partidas do Campeonato Paulista da Série A3. Segundo o documento enviado pelo Taboão da Serra à Federação Paulista de Futebol, o atleta teria burlado o INSS e, com isso, indo contra o regulamento da entidade.

Conforme o jurídico do Taboão da Serra, o volante Marcos Paulo estava afastado pelo INSS até o dia três de fevereiro de 2019. Nesse período, o atleta fez quatro partidas pelo Batatais, todas como titular – 1 a 1 contra o Rio Preto, 1 a 0 contra o EC. São Bernardo, derrota por 5 a 1 diante do Desportivo Brasil, e um novo tropeço, este, por 5 a 0 para o Capivariano.

Na denúncia, o Taboão da Serra se baseia no artigo 214 do CBJD ao pedir a perda de três pontos por cada partida feita pelo volante de forma irregular. O TJD aceitou a notícia de inflação, instaurou um inquérito e intimou o Batatais, que poderá se defender sobre o caso.

Batatais pode ser rebaixado na Série A3 - Bruno Freitas/Noroeste
Batatais pode ser rebaixado na Série A3

MUDANÇA NA TABELA
Caso a punição do Batatais seja confirmada, o clube perderia o total de 16 (12 + 4 – referente aos pontos conquistados nessas partidas) pontos e estaria rebaixado à Quarta Divisão do Estado, conhecida como ‘Segundona’. Com isso, o Taboão da Serra escaparia do descenso.

O Batatais o Campeonato Paulista da Série A3 na 12ª colocação, com 15 pontos. Rebaixados, Taboão da Serra e São Carlos somam dez e oito, respectivamente.

Confira abaixo os documentos da denúncia: