Barretos 1 x 0 Primavera - Touro marca no fim e encerra jejum

Com gol de falta aos 49 minutos, o Barretos volta a vencer na competição após seis jogos

por Agência Futebol Interior

Barretos, SP, 22 (AFI) - Com um gol no último minuto de jogo, o Barretos conseguiu vencer o Primavera por 1 a 0 e finalmente voltou a vencer no Campeonato Paulista Série A3. Os times se enfrentaram no estádio Fortaleza, em Barretos, pela nona rodada.

A vitória encerra dois jejuns do Barretos. O Primeiro é o de cinco jogos sem marcar gols e o outro é de seis partidas sem vencer na competição. O Touro dos Canaviais chega a 12 pontos ganhos, na oitava colocação. Já o Primavera fica em sexto, com 13 pontos somados.

(Foto: Tininho Jr/O Diário)
(Foto: Tininho Jr/O Diário)
O jogo foi sonolento e de poucas partidas. No primeiro tempo o Barretos não fez valer seu papel de mandante e foi dominado pelo Primavera. Enquanto os visitantes acertaram a trave em duas oportunidades, o Barretos não conseguiu levar perigo ao gol adversário.

O ritmo de jogo não mudou muito na etapa complementar. As chances de gol foram escassas, com o Barretos conseguindo manter um pouco mais a posse de bola e sofrendo menos sustos. O único gol da partida só foi sair aos 49 minutos da etapa final. Udson chamou a responsabilidade para cobrar uma falta e conseguiu marcar o gol da vitória.

O Barretos voltará a campo na próxima rodada, a 10ª, para enfrentar o EC São Bernardo no estádio Fortaleza, em Barretos, às 20h da próxima quinta-feira. Já o Primavera receberá o Comercial no estádio Ítalo Mario Limongi, em Indaiatuba, no sábado, dia 2 de março, às 15h.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
9ª rodada
Data
22/02/2019
Horário
20h00
Local
Fortaleza - Barretos (SP)
Árbitro
Roberto Pinelli

Renda
R$ 3.965,00
Assistentes
Marlon Spinola e Diego Morelli de Oliveira

Público
367 pagantes
Cartões Amarelos
Barretos: Bruno
Primavera: Guilherme, Carlinhos

Gols
Barretos: Udson 47' 2T
Barretos
Adalberto;
Arthur, Carlão, Walter e Udson;
Elias, Alan Mota, Bruno Smith (Amoroso) e João Henrique;
Anderson Magrão (Iran Júnior) e Marcos Nunes ((Yamada).
Técnico: Ricardo Moraes
Primavera
Filipe;
Romano, Felipe Codô, Guilherme e Carlos Guilherme;
Geninho, Lucas Douglas (Venâncio), Pedrão e Dhiego Lomba (Denis Nunes);
Lucas Cunha (China) e Jhonatan.
Técnico: Fernando Santos