Comercial 2 x 3 Audax - Bafo vê GOA vencer a 1ª e perde a chance de colar nos líderes

Apesar de ter dominado boa parte do duelo, o alvinegro viu o time visitante ser preciso quando foi ao ataque

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 13 (AFI) - Após vencer três partidas seguidas, o Comercial voltou a conhecer a dor de uma derrota em casa. Na noite desta quarta-feira, o Bafo recebeu e acabou derrotado pelo Audax, pelo placar de 3 a 2, em pleno Estádio Palma Travassos, em jogo válido pela sétima rodada do Paulista A3. Apesar de ter dominado boa parte do duelo, o alvinegro viu o time visitante ser preciso quando foi ao ataque e por isso perdeu a chance de colar nos líderes.

Mesmo com o resultado adverso, o Comercial segue na parte de cima da tabela, em terceiro com treze pontos ganhos. Já o Audax conquista a sua primeira vitória no estadual e respira contra a zona de rebaixamento. Agora com sete pontos, o time osasquense está na 12ª colocação.

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, a Comercial começou o duelo tendo mais posse de bola e ditando o ritmo do jogo nos primeiros minutos. Enquanto isso, o Audax seguiu se segurando na defesa e tentava responder em jogadas rápidas pelas laterais do campo e cruzamentos na área. Mesmo assim, a primeira boa chance veio mesmo pelos lados do time da casa. Aos 9 minutos, Cesinha soltou a bomba da entrada da área mas o zagueiro tirou em cima da linha.

Audax vence Comercial na sétima rodada do Paulista A3
Audax vence Comercial na sétima rodada do Paulista A3

A partir daí, o duelo voltou a ficar equilibrado e aos 29 minutos, o Comercial criou mais uma boa chance. Após um cruzamento na área, Conrado cabeceou firme e obrigou o goleiro Jeferson a fazer a defesa a queima roupa. Porém quem não faz, toma. E aos 33 minutos, o Audax conseguiu abrir o placar. Depois de uma boa trama, a bola sobrou livre para Giovani apenas empurrar para o fundo das redes.

Ainda assustado após o primeiro gol, o Comercial viu o Audax ampliar ainda mais o placar. Aos 38 minutos, Matheus Marcondelle pegou a sobra na área e fez o segundo gol do duelo. Até por conta disso, o primeiro tempo terminou com a vitória do time visitante, pelo placar de 2 a 0.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, a partida seguiu movimentada. Tanto que aos sete minutos, o Comercial conseguiu diminuir o placar. Romarinho invadiu a área e foi derrubado pelo zagueiro. Próximo do lance, o árbitro marcou pênalti. Caio Vieira foi para a cobrança e não desperdiçou, mandando a bola no canto oposto do goleiro adversário, que só olhou a bola morrer no fundo das redes.

Porém enquanto o Comercial ainda estava comemorando o seu primeiro gol, o Audax aproveitou o contra-ataque e fez o terceiro. Após uma boa troca de passes rápida, aos nove minutos, Matheus Marcondelle bateu cruzado, sem chances para o goleiro adversário. Na sequência, os donos da casa fizeram pressão até o apito final do árbitro, mas conseguiram marcar apenas mais um gol, de novo com Caio Vieira, mas o duelo terminou mesmo com a vitória do Audax pelo placar de 3 a 2.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo sábado(16) para a disputa da oitava rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A3. Em casa, o Audax recebe o Rio Preto, às 16h, no Estádio Prefeito José Liberatti. Já o Comercial encara o Capivariano, fora de casa, na Arena Capivari, às 17h.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
7ª rodada
Data
13/02/2019
Horário
20h00
Local
Palma Travassos - Ribeirão Preto (SP)
Árbitro
Flávio Roberto Mineiro Ribeiro

Renda
R$ 29.790,00
Assistentes
Gilberto Aparecido Romachelli e Guilherme Holanda Moura Lima

Público
1.926 pagantes
Cartões Amarelos
Comercial: João Marcos
Osasco Audax: Samoel Pizzi

Gols
Comercial: Caio Vieira 7' 2T, Caio Vieira 47' 2T
Osasco Audax: Giovanni 33' 1T, Marcondele 38' 1T, Marcondele 9' 2T
Comercial
Leandro Santos;
Mizael, Léo Coelho, Gut e Cortez;
Leonai (João Marcos), Romarinho (Michel Renner), Cesinha e Edson Pio;
Conrado (Erick Bessa) e Caio Vieira.
Técnico: Edson Vieira
Osasco Audax
Jeferson;
Marcelo, Gomes, Tofanelli e Felix;
Kallyl, Giovanni, Matheus e Matheus Marcondelle (Rubens);
Danrley (Lucas) e Samuel Pizzi (Rafael Chaves).
Técnico: Robélio Cavalinho
 
 
" />