Manthiqueira 1 x 1 Noroeste - Norusca sofre mas conquista empate no fim

O resultado complicou a Laranja Mecânica, que segue na zona de rebaixamento do Paulista A3

por Agência Futebol Interior

Guaratinguetá, SP, 07 (AFI) - Após a grande vitória sobre a Matonense pelo placar de 8 a 1, o Noroeste entrou em campo de ressaca e apenas empatou na 15ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A3. Na noite dessa quarta-feira, o Norusca visitou e ficou apenas no empate com o Manthiqueira, pelo placar de 1 a 1, no Estádio Dario Rodrigues Leite em Guaratinguetá. A Laranja Mecânica estava vencendo boa parte da partida, mas não segurou a pressão de seu adversário.

Com o ponto somado, o Noroeste segue no G8 - dentro da zona de classificação para a próxima fase - em sexto, com 26 pontos. Já o Manthiqueira vive um momento totalmente diferente na tabela. Na vice-lanterna, na 19ª colocação, a equipe da cidade de Guaratinguetá tem nove pontos.

PRIMEIRO TEMPO COM O MANTHIQUEIRA NA FRENTE
Mesmo jogando fora de casa, o Noroeste ditava o ritmo da partida nos primeiros minutos, principalmente em jogadas rápidas pelos lados do campo e diversos cruzamentos na área, mas encontrava o Manthiqueira bem postado, pronto para encaixar um contra-ataque e abrir o placar. Tanto que nos primeiros cinco minutos, o Norusca chegou com perigo por duas vezes.

No primeiro lance do jogo, André Rocha apareceu na área e cabeceou firme, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo.Instantes depois foi a vez de Maicon Douglas que arriscou de fora da área, mas a bola desviou na zaga e saiu. A partir daí, o Manthiqueira também se lançou ao ataque e por conta disso, o jogo ficou equilibrado no meio campo, com os dois times buscando espaço para chegar com perigo ao gol adversário.

A partida seguiu movimentada, tanto que aos 28 minutos, o Noroeste perdeu um pênalti com Jorge Mauá, que parou na defesa de Pedrão. Porém quem não faz, toma. Aos 38 minutos, Lucas Lima pegou a sobra e com o pé direito mandar a bola para o fundo das redes e abrir o placar para os donos da casa. Até por conta disso, o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória parcial do Mantiqueira.

SEGUNDO TEMPO DE PRESSÃO DO NORUSCA
Precisando do empate para seguir na parte de cima da tabela, o Noroeste voltou do intervalo para o segundo tempo, fazendo pressão. Tanto que aos seis minutos ficou próximo de empatar, quando André Rocha arriscou de longe e obrigou Pedrão a fazer uma defesa elástica. Dez minutos depois foi a vez de Gindré ter uma boa chance. O meio-campista recebeu o cruzamento da direita e chutou firme, mas a bola pegou muita força e saiu por cima do gol.

Depois disso, o Manthiqueira melhorou na partida e chegou a ampliar o placar para 2 a 0, mas o arbitro marcou impedimento no lance de Pedro Henrique, que estava em posição irregular. Apesar disso, os donos da casa tiveram outra boa chance, dessa vez em uma cobrança de falta que saiu pela linha de fundo, levando muito perigo ao gol adversário. Nos instantes finais da partida, o Noroeste fez pressão pelo empate, mas a partida terminou mesmo com a vitória magra dos donos da casa.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times já voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da 16ª rodada da primeira fase do Campeonato Paulista da Série A3. No domingo, às 10h da manhã, o Noroeste recebe o Rio Preto, no Estádio Alfredo Castilho. No mesmo horário, o Manthiqueira visita o Barretos, no Estádio da Fortaleza.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
15ª rodada
Data
07/03/2018
Horário
20h00
Local
Dário Rodrigues Leite - Guaratinguetá (SP)
Árbitro
Danilo da Silva

Assistentes
Edislandio Nunes Bernardo e Guilherme Holanda Moura Lima

Cartões Amarelos
Manthiqueira: Lucas Lima, Dian, Jean
Noroeste: Marcelinho, Rodrigo Tiui, Vilson

Gols
Manthiqueira: Lucas Lima 38' 1T
Noroeste: Wellington 46' 2T
Manthiqueira
Pedrão;
Dian, Léo Turbo, Victor Clemete e Luciano Pit;
Jhoni, Lucas Monteiro, Lucas Lima (Alex) e Cacá (Jean);
Nicolas (Fábio) e Pedro Henrique.
Técnico: Nilmara Alves
Noroeste
Ferreira;
Pacheco, Jean Pierre, Marcelinho e Lucas;
André Rocha (Alef), Gindré (Rodrigo Tiuí), Maicon Douglas e Vilson;
Jorge Mauá (Romão) e Welligton.
Técnico: Alberto Félix
 
 
" />