Portuguesa Santista 3 x 2 Olímpia - Briosa mantém invencibilidade e assume vice-liderança

Com o resultado, a Briosa chega aos 15 pontos e sai da quinta colocação para

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 07 (AFI) - A Portuguesa Santista continua invicta na Série A3 do Campeonato Paulista e segue subindo na tabela. Na noite desta quarta-feira, o time recebeu o Olímpia no Ulrico Mursa e venceu por 3 a 2, em um jogo de reviravoltas, pela sétima rodada da terceira divisão.

Com o resultado, a Briosa chega aos 15 pontos e sai da quinta colocação para a vice-liderança, a um ponto do novo líder Atibaia. O Olímpia, por sua vez, estaciona nos sete pontos e entra na zona de rebaixamento, com a 15ª colocação.

O JOGO
O jogo começou bastante movimento e o Olímpia logo abriu o placar. Com sete minutos de bola rolando, Leonardo aproveitou rebote após bola na trave e mandou para o fundo da rede. O empate da Briosa veio aos 26 minutos, quando Dema ficou coma sobra após cobrança de escanteio e chutou fraco, mas ninguém interceptou e a bola entrou.

Aos 48 mintuos, Carlos Alberto virou o jogo. Na etapa complementar, o Olímpia foi ainda mais rápido do que no primeiro tempo e balançou a rede aos dois minutos, com gol de Geovane. No entanto, Wendell resolveu a parada com um gol aos 19 minutos e garantiu a vitória do time de Santos.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo neste sábado para a disputa da oitava rodada. A Portuguesa Santista vai ao Sócrates Stamato, às 16 horas, encarar a Matonense. O Olímpia recebe o Monte Azul, às 17 horas, no Maria Tereza Breda.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
7ª rodada
Data
07/02/2018
Horário
20h00
Local
Ulrico Mursa - Santos (SP)
Árbitro
Leandro Carvalho da Silva

Assistentes
Orlando Coelho Júnior e Leandro Alves de Souza

Cartões Amarelos
Portuguesa Santista: Boré, Carlos Alberto
Olímpia: André Bahia, Luanderson, Geovane, Lucas

Gols
Portuguesa Santista: Dema 26' 1T, Carlos Alberto 48' 1T, Wendel 19' 2T
Olímpia: Leonardo 7' 1T, Geovane 2' 2T
Portuguesa Santista
Rodrigo Calchi;
Rafael Ferro, Dema, Thiago Moura, Rômulo;
Diogo Lopes, Tufa, Wendell (Emerson), Edimilson (Fabrício);
Anderson Magrão e Carlos Alberto (Boré)
Técnico: Sérgio Guedes
Olímpia
Lucas;
Malcon, Mailson, Leonardo e André Bahia (Max Pardalzinho);
Luanderson, Roger Goiano, Geovane e Sérgio (Diego Alan);
Felipe e Robinson (Thauan)
Técnico: Paulinho Fonseca (interino)
 
 
" />