FPF define fórmula da Série A3 e saca a disputa por pênaltis no mata-mata

O time com a melhor campanha terá a vantagem do empate nos confrontos de mata-mata

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 31 (AFI) - A Federação Paulista de Futebol (FPF) definiu, em Conselho Arbitral, realizado na manhã desta terça-feira, em sua sede, em São Paulo, a fórmula de disputa do Campeonato Paulista da Série A3 de 2018.

O torneio será semelhante ao desse ano, com algumas leves mudanças, a exemplo dos pênaltis, que não ocorrerão durante o mata-mata. Com isso, o time com a melhor campanha terá vantagem até o fim do campeonato.
Dirigentes tiveram oportunidade de expor suas opiniões de forma democrática. Foto: Rodrigo Corsi
Dirigentes tiveram oportunidade de expor suas opiniões de forma democrática. Foto: Rodrigo Corsi

OS 20 CLUBES

A Série A3 terá 20 clubes. Seis que foram rebaixados da Série A2 em 2017: Barretos, Capivariano, Mogi Mirim, Rio Preto, União Barbarense e Velo Clube. Dois que subiram da Segunda Divisão: EC.São Bernardo e Manthiqueira.

Além dos 12 remanescentes: Atibaia, Desportivo Brasil, Grêmio Osasco, Marília, Matonense, Monte Azul, Noroeste, Olímpia, Portuguesa Santista, Rio Branco, São Carlos e Taboão da Serra. Todos confirmaram presença no torneio.

SAPÃO DEU CANO
Representantes de todas as equipes estiveram na sede da Federação Paulista de Futebol nesta terça-feira, exceto do Mogi Mirim. O clube ainda não se pronunciou sobre a ausência e a participação da equipe no torneio começa a ser questionada. O clube viveu um ano tumultuado, sendo rebaixado para a série A3 e depois caiu da Série C para a Série D do Campeonato Brasileiro.

Nacional é o atual campeão da Série A3
Nacional é o atual campeão da Série A3

O CAMPEONATO
O campeonato terá início do dia 17 de janeiro. Assim como foi neste ano, a Série A3 será disputada em turno único, classificando os oito melhores colocados, que se enfrentarão no mata-mata, até que o campeão seja conhecido. Os finalistas conquistarão o acesso à Série A2, enquanto o seis últimos da Primeira Fase serão rebaixados.

As agremiações terão até o dia dez de janeiro para inscrever os jogadores que participarão da primeira rodada. A lista final com 28 nomes terá que ser enviada até o dia primeiro de março. Os oito classificados para o mata-mata poderão trocar até quatro atletas. Ficou definido também que nessa fase os cartões amarelos serão zerados.

A Federação Paulista de Futebol definiu um preço fixos a ser cobrado em cima dos ingressos, sendo R$ 20 a inteira, e R$ 10 a meia. O Projeto Futebol Sustentável deverá novamente ser uma das atrações do torneio.

PROJETO
O treinador que iniciará a competição com um clube não poderá se transferir para outro durante a competição. O mesmo critério vale para os jogadores. Essa é uma tentativa de FPF de evitar a 'dança das cadeiras' no decorrer da Série A3.

 
 
" />