Juventus 2 x 0 Cotia - Travesso, Moleque leva "Rocky Balboa" à lona!

Com esta importante vitória, o Juventus garantiu a liderança isolada da Série A3, com 25 pontos

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 18 (AFI) – O Juventus está cada vez mais próximo de carimbar sua classificação à segunda fase do Campeonato Paulista da Série A3. Com uma atuação segura, o Moleque Travesso mandou o “Rocky Balboa”, apelido dado ao Cotia, à lona. O time grená venceu, por 2 a 0, na tarde desta quarta-feira, na Rua Javari, em São Paulo, pela 12ª rodada.

Com esta importante vitória, o Juventus garantiu a liderança isolada da Série A3, com 25 pontos. Tem um pontos a mais que o Atibaia, o segundo colocado. Por outro lado, o Cotia desperdiçou uma grande oportunidade de encostar no G8. O time está em posição intermediária, com apenas 15 pontos.

Juventus teve uma atuação segura contra o Cotia
Juventus teve uma atuação segura contra o Cotia
MARCAÇÃO CERRADA

O Juventus tentou começar a partida abafando o adversário, mas acabou surpreendido em um contra-ataque. Aos sete minutos, o árbitro deu um pênalti polêmico do volante Felipe Nunes. Na cobrança, contudo, o atacante Clodoaldo acabou batendo para grande defesa do goleiro André Dias. Na sequência, os jogadores grenás hostilizaram o juiz, que deu amarelo ao volante Derli.

Quem esperava o Moleque Travesso crescer, após a cobrança de pênalti fracassada, se deparou com um Cotia muito bem postado em campo. Marcando atrás da linha da bola e, quase sempre, no campo de defesa, os visitantes não deram espaços para o time da Mooca trabalhar no ataque.

O donos da casa chegaram com perigo em poucas oportunidades, até porque o goleiro Fernando foi muito bem protegido por sua defesa. Em um dos raros lances de perigo, o meia Adiel escapou pela direita e finalizou, mas a zaga afastou quase em cima da linha.

TRANQUILIDADE
Na segunda etapa, o Juve conseguiu “quebrar o gelo” logo no início, graças a um lance individual do lateral-esquerdo Edilson Orinho. Um dos poucos destaques do jogo, até então, o camisa 6 bateu falta com maestria, aos quatro minutos, e inaugurou o marcador para tranquilidade da torcida local.

Após marcar o gol, o Moleque assumiu as rédeas da partidas e passou a controlar as ações do jogo. Apesar de viver uma grande fase, os visitantes não conseguiram concatenar jogadas de ataque para chegar com perigo à meta de André Dias. Este quando foi acionado foi seguro.

O golpe de misericórdia aconteceu aos 38 minutos. O ex-jogador do Santos Adiel fez uma grande jogada individual. A bola “colou” no pé esquerdo do meia, que passou pela marcação e mandou na área. Atento, o atacante Rafael Branco só mandou para o gol.

PRÓXIMOS JOGOS
No próximo domingo, às 10 horas, o Juventus volta a campo para enfrentar o Sertãozinho, no Estádio Frederico Dalmazzo, em Sertãozinho. Enquanto isso, o Cotia visita o Grêmio Barueri, no sábado, taambém às 10 horas, na Arena Barueri.

Ficha Técnica

Juventus

Juventus
2 x 0
Cotia

Cotia

Fase
1ª Fase
Rodada
12ª rodada
Data
18/03/2015
Horário
15h00
Local
Rua Javari - São Paulo ()
Árbitro
Edson Reis Pavani Junior

Renda
R$ 6.880,00
Assistentes
Ademilson Lopes da Silva Filho e Luciana da Silva Ramos

Público
610 pagantes
Cartões Amarelos
Juventus: Felipe Nunes, Derli, Edílson Orinho
Cotia: Fernando

Gols
Juventus: Edílson Orinho 4' 2T, Rafael Branco 38' 2T
Juventus
André Dias;
Rafael Ferro, Salinas, Léo e Edilson Orinho;
Felipe Nunes, Derli, Daniel Costa (Wellington) e Adiel;
Kennedy (Rafael Branco) e Abraão (Gil).
Técnico: Rodrigo Santana
Cotia
Fernando;
Du, Julião, Júnior Gaúcho e Alessandro;
Floriano (Luiz Fernando), Tiaguinho, Rogerinho e Dick;
Clodoaldo e Alexandre (Cristiano).
Técnico: Marcos Paulista
 
 
" />