XV de Piracicaba 3 x 1 Red Bull Brasil - Nhô Quim mantém boa fase e cola nos líderes

Parceira do Portal Futebol Interior, a Rádio Educadora AM 1060, de Piracicaba, transmitiu a partida com um timaço

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 23 (AFI) - Mesmo com um jogador a menos em grande parte do segundo tempo, o XV de Piracicaba conseguiu a virada para 3 a 1 e venceu o Red Bull Brasil, garantindo a quarta vitória consecutiva e o quinto jogo de invencibilidade no Paulistão A2 Sicredi. O duelo, disputado na noite deste domingo (23), no estádio Barão da Serra Negra, em Piracicaba, foi válida pela oitava rodada da primeira fase.

Com o resultado, os donos da casa subiram para a quarta colocação, com 14 pontos, o mesmo do São Bernardo, que leva a melhor no saldo de gols (4 contra 1). Monte Azul e Portuguesa Santista, com 17, aparecem à frente.

Os visitantes, por outro lado, aparecem, com sete, à frente apenas dos integrantes da zona de rebaixamento - São Bento, com seis, e Votuporanguense, com três.

VEJA MELHORES MOMENTOS E OS GOLS DA VIRADA !

FUTEBOL AO VIVO
Organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF), a competição tem cobertura completa pelo Portal Futebol Interior. Os jogos podem ser acompanhados online pelo PLACAR AO VIVO e também pelo aplicativo.

O App Placar FI está disponível tanto no Google Play como na App Store.

CONFIRA COBERTURA COMPLETA DO PAULISTA DA SÉRIE A2!

MAIS UM SHOW!
Parceira do Portal Futebol Interior, a Rádio Educadora AM 1060, de Piracicaba, transmitiu a partida com um timaço. A narração de Mário Luiz foi acompanhada pelos comentários de Paulo César Machado e a reportagem de Paulo Eduardo Carlin.

Enquanto o plantão ficou com João Fábio Tedesco, Dirley Meloto foi o responsável pela técnica externa.

XV virou o placar mesmo com um jogador a menos. Foto: Michel Lambstein
XV virou o placar mesmo com um jogador a menos. Foto: Michel Lambstein

Foto: Michel Lambstein

PRIMEIRO TEMPO
Quase aos 13 minutos, o XV de Piracicaba teve a primeira boa oportunidade da partida. O meia Daniel Costa acionou o atacante Filipe Cirne na entrada da área, pelo lado esquerdo. Ele puxou para dentro e bateu de chapa. O goleiro Jordan se atrapalhou um pouco, mas conseguiu colocar a bola para escanteio.

Próximo aos 22, a redonda sobrou dentro da área do Red Bull Brasil após escanteio da direita. O atacante alvinegro Caio Mancha bateu firme, mas pegou muito embaixo e acabou mandando por cima do travessão, desperdiçando boa oportunidade.

PLACAR ABERTO
Na primeira boa oportunidade visitante, porém, o Red Bull Brasil abriu o placar. Aos 26, o XV de Piracicaba saiu jogando errado e viu o time campineiro acelerar até que o meio-campista Cristiano arrematou da entrada da área, a bola desviou no zagueiro Diego Jussani e morreu no fundo do barbante.

Aos 32, os donos da casa quase empataram. Diego Jussani se posicionou bem dentro da área, foi acionado no escanteio cobrado pelo lado direito e cabeceou rente ao travessão, levando bastante perigo.

TUDO IGUAL
O XV de Piracicaba deixou tudo igual pouco depois. Aos 38, Daniel Costa cruzou na medida para Caio Mancha, que subiu bem e testou firme para empatar. A chance derradeira foi do Red Bull Brasil.

Próximo aos 46, Pablo Thomaz arrancou do próprio campo de defesa e bateu rasteiro, parando em boa defesa do goleiro quinzista Mota.

SEGUNDO TEMPO
Logo com dois minutos da etapa final, o XV de Piracicaba ficou bem próximo de chegar à virada. O atacante Filipe Cirne acertou uma pancada no travessão. A bola ficou pererecando dentro da área, o atacante Caio Mancha foi acionado, dominou no peito e finalizou forte, parando em grande defesa, com o pé, do goleiro Jordan.

Na sequência, aos quatro, o atacante Kadu Barone tomou o segundo cartão amarelo e deixou os donos da casa com um jogador a menos. Praticamente aos 14, Pablo Thomaz recebeu dentro da área e deu um toque na saída de Mota. A bola saiu de mansinho, lambendo o pé da trave direita quinzista.

TESTADA FIRME
Aos 18 minutos, o XV de Piracicaba conseguiu aproveitar uma série de escanteios. Daniel Costa cobrou o corner pelo lado direito com veneno, o zagueiro Gilberto Alemão apareceu para testar forte e estufar as redes do Red Bull Brasil, confirmando a virada.

Pouco depois, aos 22, Pablo Thomaz recebeu em velocidade dentro da área e tentou encobrir Mota. O goleiro da casa conseguiu se esticar e encaixar, impedindo o empate dos campineiros.

Nos últimos minutos, o Red Bull Brasil tentou pressionar, enquanto o XV de Piracicaba travou o jogo como pôde e contou com o goleiro Mota para sair com a vitória. Aos 48, Erison arrancou no contra-ataque, bateu na saída de Jordan e fechou o placar, garantindo a vitória mandante.

PRÓXIMOS JOGOS
O XV de Piracicaba volta a campo no domingo da semana que vem, 1.º de março, às 18h, quando recebe o Sertãozinho, em Piracicaba, no estádio Barão da Serra Negra. No dia anterior, sábado, 29 de fevereiro, enfrenta, às 16h, o Votuporanguense, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

FECHANDO
Às 18h30 desta segunda-feira, 24, o São Bento recebe o São Caetano, em Sorocaba, no Centro de Integração Comunitário Walter Ribeiro. O confronto fecha a oitava rodada. Na primeira fase, os 16 participantes se enfrentam em turno único. Os oito melhores avançam ao mata-mata, enquanto os dois piores vão ser rebaixados para o Paulista A3 de 2021.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
8ª rodada
Data
23/02/2020
Horário
18h30
Local
Barão de Serra Negra - Piracicaba (SP)
Árbitro
Márcio Roberto Soares

Renda
R$ 44.555,00
Assistentes
Paulo Cesar Modesto e Fernando Afonso Gonçalves de Melo

Público
2.152 pagantes (2.457 presentes)
Cartões Amarelos
XV de Piracicaba: Kadu Barone, Gilberto Alemão, Paulão, Jefferson Feijão, Marcelinho, Walfrido , Mota
Red Bull Brasil: Rayne

Cartões Vermelhos
XV de Piracicaba: Kadu Barone
Gols
XV de Piracicaba: Caio Mancha 38' 1T, Gilberto Alemão 18' 2T, Erison 48' 2T
Red Bull Brasil: Cristiano 26' 1T
XV de Piracicaba
Mota;
Jefferson Feijão, Diego Jussani, Gilberto Alemão e Paulão;
Walfrido e Robertinho;
Daniel Costa (Marcelinho);
Filipe Cirne (Muriel), Caio Mancha (Erison) e Kadu Barone.
Técnico: Tarcísio Pugliese
Red Bull Brasil
Jordan;
Nhayson (Bruno), Jhonatan, Rayne (Luiz Felipe) e Guilherme;
David Ribeiro, Marcos Vinícius, Cristiano e Patrick;
Pablo e Iago Teles (Chrigor Flores).
Técnico: Vinícius Munhoz