Santo André 2 x 0 Água Santa - Ramalhão anula Netuno e larga bem na briga pelo acesso

Time andreense foi superior e não deu muitas chances para que o rival do ABCD reagisse na partida

por Agência Futebol Interior

Santo André, SP, 13 (AFI) - O Santo André contrariou o favoritismo do Água Santa e largou na frente na disputa pelo acesso à elite do Paulistão. Os dois times se enfrentaram na tarde deste sábado, no Bruno José Daniel, e a equipe andreense venceu por 2 a 0, em jogo válido pela rodada de ida das semifinais do Paulistão A2. Rhuan e Cristian marcaram os gols da vitória.

O time de Diadema chegou ao jogo ostentando a melhor campanha na somatória das fases anteriores, com 37 pontos contra 24 do adversário.

Por isso, vai decidir o acesso em casa, no Distrital do Inamar, em jogo marcado para as 11 horas do próximo dia 21.

AS HIPÓTESES
O Santo André poderá perder até por um gol de diferença para garantir o acesso e a vaga na final.

O Água Santa precisa vencer por uma vantagem de três gols para avançar direto ou por dois para levar a decisão aos pênaltis.

A Rádio ABC acompanhou a partida direto do estádio Bruno José Daniel, sob comando de Ismael Alves, em rede com a Rádio Futebol Interior.

BOLA NO PÉ
Em campo, Santo André manteve a bola nos pés no início da partida e conseguiu achar espaços na defesa adversária, tanto que obrigou o goleiro Rafael a fazer uma boa defesa logo aos dois minutos, em finalização de Maykinho.

Na segunda vez em que o time da casa chegou, foi para marcar. Aos dez minutos, Cristian cobrou escanteio na medida e Rhuan usou a cabeça para tirar o zero do placar.

Foto: Michel Sanches
Foto: Michel Sanches

Com a desvantagem, o Água Santa passou a ser protagonista no ataque e articulou algumas boas jogadas, na maioria das vezes com a participação de Celsinho e Alvinho.

GRANDE DEFESA
Em uma delas, quando Alvinho cabeceou após cruzamento de Celsinho, o goleiro Thomazella apareceu e fez uma excelente defesa para evitar o empate.

Passada a primeira metade da etapa inicial, no entanto, o Santo André voltou a dominar a partida e mostrava mais qualidade quando tinha a bola nos pés. Com a posse, o time da casa se fez presente no campo adversário e pouco sofreu na defesa até o intervalo.

TEM ESPAÇO
No segundo tempo, o jogo ficou bastante truncado, com bastante faltas cometidas. Não à toa o árbitro distribuiu seis cartões amarelos nos primeiros 16 minutos, três para cada lado. Marchiori percebeu as novas dificuldades impostas ao Santo André e colocou Guilherme Garré no lugar de Jobinho, aos 22 minutos.

A substituição não demorou a ter efeito. Com cinco minutos em campo, Garré partiu pela direita em contra-ataque, levantou a cabeça e lançou para Cristian, que se jogou em direção à bola e tocou com joelhos para marcar o segundo gol andreense.

O Água Santa passou longe de apresentar o futebol que via demonstrado durante a disputa das fases anteriores e teve dificuldades para reagir. A torcida pedia raça das arquibancadas e os jogadores atendiam, mas a vontade não foi suficiente, já que o principal problema da equipe era de organização em campo.

Ficha Técnica

Fase
Semifinal
Rodada
1ª rodada
Data
13/04/2019
Horário
15h00
Local
Bruno José Daniel - Santo André (SP)
Árbitro
Vinicius Furlan

Renda
R$ 40.780,00
Assistentes
Daniel Luis Marques e Vitor Carmona Metestaine

Público
6.356 pessoas
Cartões Amarelos
Santo André: Maykinho, Raphael Toledo, Thomazella
Água Santa: Bruno Recife, Lombardi , Jonathan Bocão, Luan Dias, Rodrigo Sam

Gols
Santo André: Rhuan 10' 1T, Cristian 27' 2T
Santo André
Tomazella;
Rhuan, Ícaro, Heliton e Denis Neves;
Johnnathan, Raphael Toledo e Cristian (Victor Sapo);
Jobinho (Guilherme Garré), Anselmo e Maykinho (Matheus Santiago).
Técnico: Fernando Marchiori
Água Santa
Rafael;
Jonathan Bocão (Genilson), Lombardi, Luizão e Bruno Recife (Maninho);
Serginho, Diogo Marzagão, Everton (Rodrigo Sam), Luan Dias e Celsinho;
Alvinho
Técnico: Márcio Ribeiro