Jogadores que passaram pelo Projeto Expressão Paulista se destacam no Paulista A2

O projeto faz parte do Centro de Formação Humana idealizado pelo Sindicato de Atletas de SP

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 23 (AFI) - Estamos na reta final dos estaduais, e alguns dos jogadores que passaram pelo Projeto Expressão Paulista, chegaram à final da série A2. Exemplos como os do goleiro Rafael Cezar Pin, do Internacional de Limeira, e de Luiz Fernando Pongelupe Machado, do XV de Piracicaba, que estiveram em campo no último sábado (20) na semifinal do estadual, no Barão da Serra Negra, defendendo a camisa dos seus times.

RAFAEL PIN
Rafael Pin defendeu dois pênaltis e o Leão obteve o acesso à primeira divisão do Paulista, depois de 14 anos de espera.

“Passei pelo Expressão em 2016 e o treinamento com o preparador de goleiros Júlio Cesar me ajudou muito. É um projeto muito importante para a categoria, é uma oportunidade de se manter em atividade. Quando chega o momento de uma nova contratação, estamos preparados”, falou o goleiro Rafael Pin , que ajudou o Leão a obter o acesso à primeira divisão do Paulista, depois de 14 anos de espera.

Jogadores que passaram pelo Projeto Expressão Paulista se destacam no Paulista A2
Jogadores que passaram pelo Projeto Expressão Paulista se destacam no Paulista A2
“A Inter é um time de muita tradição no interior. Esse ano conquistamos o nosso objetivo. Os atletas, comissão técnica e toda diretoria estão de Parabéns”, finalizou Rafael.

LUIZ FERNANDO
Outro personagem que passou pelo Expressão foi o também goleiro Luiz Fernando Pongelupe Machado, que está no XV de Piracicaba.

“Em 2017 fiquei um período de três meses sem clube e fui treinar no Expressão. Superou as expectativas, é fundamental para o atleta principalmente quando estamos em transição entre um clube e outro. Por mais que você faça um treino em academia não é o suficiente, o atleta precisa de um trabalho em campo, com técnica. O Expressão ajuda muito, pois quando você chega para o novo clube está com ritmo e tecnicamente bem. Eu quero parabenizar o Sindicato de Atletas de SP pelo projeto, porque sem dúvida ajuda demais os jogadores”, falou Luiz Fernando.

FELICIDADE
Para o treinador de goleiro Júlio Cesar Bonfim do Expressão Paulista é uma felicidade imensa saber que ambos os jogadores estão em atividade.

“Temos temos muito carinho por eles. Ambos têm muita qualidade e competência.”
O Sindicato de Atletas de SP tem como premissa cuidar de gente e oferece aos atletas que estão sem vínculo empregatício a condição de continuar treinando para manterem-se em forma até conseguir um novo contrato de trabalho. Além de treinar, a instituição trabalha o lado psicológico dos jogadores.