Taubaté x Nacional – Duelo direto para sonhar com a classificação

Os dois times se enfrentam na manhã deste domingo pela 12ª rodada da Série A2

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 16 (AFI) - Mesmo sem vencer há sete jogos no Campeonato Paulista da Série A2, o Taubaté ainda tem chances de se classificar à próxima fase. Para manter esse sonho vivo, é bom vencer o Nacional em jogo marcado para as 10 horas deste domingo, pela 12ª rodada do estadual, no Joaquinzão.

Os dois times estão no limbo da tabela, com chances tanto de classificação quanto de rebaixamento, mas ambos estão mais perto do G8. Com 12 pontos, o Naça está melhor colocado, com apenas um ponto a mais que o Taubaté, que tem 11 e pode conseguir uma boa ultrapassagem se reencontrar a vitória.

Foto: Caíque Toledo / Taubaté EC
Foto: Caíque Toledo / Taubaté EC
OS TIMES
A partida será a segundo do técnico Paulinho McLaren sob o comado do Taubaté. Ele não revelou a escalação, mas deve fazer apenas uma mudança em relação ao time que foi derrotado pela Portuguesa na rodada passada. O volanteElivelton volta de suspensão e pode voltar ao time no lugar de um três zagueiro, em uma alteração de formação.

Do lado do Nacional, o técnico Jorginho não vai contar com o zagueiro Gabriel Santos, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Jeferson deve ficar com a vaga. Por outro lado, o volante Everton Tchê volta a ficar à disposição após cumprir suspensão e deve retomar a posição que foi o ocupada por Bruno Sabino.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
12ª rodada
Data
17/03/2019
Horário
10h00
Local
Joaquim Morais Filho - Taubaté (SP)
Árbitro
Alessandro Darcie

Renda
R$ 8.277,00
Assistentes
Rafael Tadeu Alves de Souza e Luís Felipe Prado Silva

Público
640 pagantes
Cartões Amarelos
Taubaté: Claudinho, Juninho, Rafael Roballo

Gols
Taubaté: Caio Mancha 11' 1T, Caio Mancha 18' 1T, Caio Mancha 39' 2T
Nacional: Danilo Negueba 10' 1T
Taubaté
Rafael Roballo;
Jean, Cesinha, Henrique e Danilo Tarracha;
Moradei, Elivelton (Ricardinho), Erik (Márcio Passos) e Claudinho (Hyago);
Juninho e Caio Mancha
Técnico: Paulinho McLaren
Nacional
Maurício;
Léo Cunha (Thiago Elias), Jeferson, Everton Dias e Bruno Sabino (Léo Rocha);
Caio Mendes, Danilo Negueba, Everton Tchê e Emerson Mi;
Michael Tuíque (Matheus Ortigoza) e Matheus Lú
Técnico: Jorginho