Santo André 2 x 0 Portuguesa - Ramalhão avança e deixa Lusa na A2 por mais um ano

Time do ABC colocou fim à reação rubro-verde e frustrou os planos do time paulistano de voltar a ser feliz

por Agência Futebol Interior

Santo André, SP, 30 (AFI) - A Portuguesa terá que disputar a Série A2 do Paulista pela quinta vez consecutiva em 2020. Depois de uma grande reação na reta final, o time do técnico Vica foi a campo no Bruno José Daniel, e acabou derrotado por 2 a 0 pelo anfitrião Santo André, em confronto direto válido pela última rodada da primeira fase.

A festa, portanto, foi total do Ramalhão, que garantiu a classificação às quartas de final ao chegar aos 21 pontos e ficar com a sexta colocação, sonhando com o retorno à elite, de onde foi rebaixado no ano passado. A Lusa fica em 14º lugar, com 17 pontos, e se despede melancolicamente da competição.

MAYKINHO NELES
Com um pouco de nervosismo para os dois lados, a partida começou com o Santo André em busca de manter a posse de bola, enquanto a Portuguesa se soltava aos poucos para marcar mais em cima, mas não sem cautela.

Apesar de a Lusa ter criado algumas oportunidades em suas investidas no campo de ataque, a melhor chance foi andreense, quando Maykinho recebeu lindo lançamento de Raphael Toledo, invadiu a área e chutou na trave.

Dono do passe, Maykinho era a principal alternativa ofensiva do time do ABC e não parava de incomodar a defesa rubro-verde, que pouco fazia para neutralizá-lo.

Aos 38 minutos, foi ele o responsável por tirar o zero do placar. O atacante ficou com a bola após bate e rebate dentro da área e bateu firme para marcar.

Foto: Ronaldo Barreto / Portuguesa
Foto: Ronaldo Barreto / Portuguesa

O segundo gol andreense também teve a participação de Maykinho, isso aos 42, pouco depois do primeiro. Ele mandou colocou força em um chute cruzado e parou no goleiro Dida, que espalmou. No rebote, a zaga da Portuguesa não conseguiu afastar e deixou Cristian chegar limpo para ampliar.

NÃO DEU
No segundo tempo, a Portuguesa foi obrigada a voltar com uma postura mais ofensiva e conseguiu criar boas oportunidades.Fernandinho e Anderson Cavalo chegaram a ter chances de diminuir o placar, mas não aproveitaram.

Como consequência do avanço, a Lusa deu mais espaço para o Santo André e também correu alguns riscos.

NERVOSISMO FINAL
Conforme o tempo foi passando, o nervosismo foi aumentando e o cenário ficou cada vez mais complicada para o time paulistano. Os jogadores mostraram vontade e tentaram chegar do jeito que dava, mas ansiedade falou mais alto, além de a defesa andreense ter mostrado bastante competência para se segurar.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
15ª rodada
Data
30/03/2019
Horário
15h00
Local
Bruno José Daniel - Santo André (SP)
Árbitro
Lucas Canetto Bellote

Renda
R$ 31.410
Assistentes
Gustavo Rodrigues de Oliveira e Eduardo Vequi Marciano

Público
2.275 pagantes
Cartões Amarelos
Santo André: Rhuan, Denis Neves, Raphael Toledo, Jonnatthan
Portuguesa: Anderson Cavalo

Gols
Santo André: Maykinho 38' 1T, Cristian 43' 1T
Santo André
Matheus;
Rhuan, Ícaro, Heliton e Denis Neves (Dênis Germano);
Jonnatthan, Cristian e Raphael Toledo;
Maykinho (Mateus Santiago), Victor Sapo (Anselmo) e Guilherme Garré.
Técnico: Fernando Marchiori
Portuguesa
Dida;
Bruno Ribeiro, Lucas Bahia, Guilherme Garutti e Patrick;
Jonatas, Paulinho (João Gurgel) e Kleiton Domingues (Luizinho);
Gerley (Vilares), Anderson Cavalo e Fernandinho.
Técnico: Vica