Sertãozinho x Portuguesa - Touro a uma vitória da classificação na Série A2

Time está no quinto lugar, mas será beneficiado pelo confronto direto entre São Bernardo e XV de Piracicaba

por Agência Futebol Interior

Sertãozinho, SP, 23 (AFI) - O Sertãozinho saiu do G4 da Série A2 na rodada passada ao ser derrotado pelo Oeste, mas ainda depende apenas de suas forças para ficar com uma vaga na semi. Uma vitória sobre a Portuguesa, às 15 horas deste sábado, em jogo válido pela rodada final da fase de grupos, no Frederico Dalmaso, garante a classificação sertanezina.

O Touro é o quinto colocado, com os mesmos 24 pontos do quarto Oeste, mas com dois gols a menos no saldo (7 a 5). Acima, o terceiro colocado XV de Piracicaba, com 25 pontos, e o vice-líder São Bernardo, com 27, fazem um confronto direto e garantem a situação favorável ao Sertãozinho no caso de uma vitória.

Do lado da Lusa, já não há pretensão alguma. O time se livrou do rebaixamento na rodada passada e vai a campo apenas para cumprir tabela. Na 12ª colocação, com 15 pontos, não pode ganhar nenhuma posição na tabela e tem chance de perder apenas uma.

BAIXAS
O Sertãozinho vem se preparando forte para a decisão, independente da situação indiferente do adversário. O técnico José Carlos Serrão não contará com o volante Mateus Cancian, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo, e o atacante Tito, também suspenso, mas por expulsão.

Com isso, o time terá mudanças. Lucas Mendes, que jogou na lateral direita na derrota por 1 a 0 para o Oeste, será deslocado para a contenção do meio de campo, enquanto Gil Mineiro fica com a vaga na ala. No ataque, Serrão deixou a dúvida no ar. O favorito para jogar é Magrão, mas Mauro e Pedro Oldoni correm por fora.

Mesmo após derrota, Touro depende das próprias forças para classificar. (Foto: Divulgação / Oeste FC)
Mesmo após derrota, Touro depende das próprias forças para classificar. (Foto: Divulgação / Oeste FC)
“É uma decisão. Poderíamos ter chegado na rodada final em uma situação mais confortável, mas o cenário atual também é favorável. O mais importante é que dependemos apenas de nós mesmos. Então, o único caminho para classificação é um trabalho bem feito nesta partida, o que vamos nos dedicar para fazer”, afirmou Serrão.

MELANCÓLICA
A Portuguesa se livrou do rebaixamento à Série A3 ao vencer o Guarani por 2 a 1, na última quarta-feira, e agora respira aliviada. Apesar disso, terminará a participação na Série A2 de maneira melancólica, com muito a lamentar pela frustração da certeza de que irá passar pelo menos mais um ano longe da elite do Paulistão.

“Acho que se a gente tivesse sempre essa postura, não estaria passando por essa situação”, disse. Lamento estar acabando, porque se a gente tivesse mais algumas rodadas, estaria brigando por uma situação muito melhor”, disse o treinador em coletiva após o jogo contra o Guarani.

A Lusa viveu um ambiente conturbado durante boa parte do estadual. A relação entre diretoria e torcida ficou bastante estremecida, o que gerou uma série de protestos. Mesmo aliviados por terem escapado, muitos torcedores ainda pedem a cabeça do presidente Alexandre Barros. Sem desfalques, Alan Aal pode repetir a escalação utilizada contra o Guarani , mas avalia a possibilidade de aproveitar jogadores pouco utilizados durante a competição.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
15ª rodada
Data
24/03/2018
Horário
15h00
Local
Frederico Dalmaso - Sertãozinho (SP)
Árbitro
Vinicius Furlan

Renda
R$ 22.040,00
Assistentes
Alex Ang Ribeiro e Gustavo Rodrigues de Oliveira

Público
2.964 pagantes
Cartões Amarelos
Sertãozinho: Michel Cury, Marcinho, Alê, Mauro
Portuguesa: Cesinha

Gols
Sertãozinho: Pedro Oldoni 24' 2T
Portuguesa: Fernandinho 45' 2T
Sertãozinho
João Guilherme;
Lucas Mendes, Júnior Lopes, Alemão e Pedro Rosa (Gil Mineiro);
Alê, Michel Cury, Marcinho e Ramon (Pedro Oldoni);
Mauro e Leleco (Nandinho).
Técnico: José Carlos Serrão
Portuguesa
Leandro;
Carlinhos, Gabriel Santos, Marcos Vinícius e César;
Jonatas Paulista, Vinicius Martins (Rodrigo), Vinicius Barba e Pereira (Thiago);
Raul e Cesinha (Fernandinho)
Técnico: Alan Aal