XV de Piracicaba 2 x 1 Portuguesa - Rodrigo salva de novo, e Nhô Quim fica na A2!

O zagueiro já foi considerado herói na Copa Paulista, e voltou a brilhar neste domingo; Lusa também fica na divisão

por Kim Belluco

Piracicaba, SP, 23 (AFI) - Com gol de Rodrigo aos 45 minutos do segundo tempo, o mesmo que marcou na final da Copa Paulista, o XV de Piracicaba escapou do rebaixamento à Série A3 do Campeonato Paulista ao virar para cima da Portuguesa pelo placar de 2 a 1, em partida realizada na tarde deste domingo, no Estádio Barão de Serra Negra, pela última rodada da A2. A Lusa também permaneceu na divisão mesmo com a derrota.

Como o Velo Clube perdeu por 3 a 2 para o Barretos, e o Votuporanguense caiu por 3 a 1 diante do Bragantino, a Portuguesa acabou ficando na 13ª colocação, com 23 pontos, a dois do XV de Piracicaba, que viu a A3 muito de perto, escapando apenas nos últimos minutos.

QUEM CAI?

Torcida do XV faz a festa no Barão de Serra Negra
Torcida do XV faz a festa no Barão de Serra Negra

Piracicaba parou para acompanhar o XV de Piracicaba, time que até pouco tempo figurava na elite do futebol paulista e entrou em campo neste domingo podendo voltar para a Série A3, assim como a Portuguesa. A tradicional Lusa tentava, mas não conseguia sair do buraco onde se enfiou desde o rebaixamento no Brasileirão, através dos tribunais, o famoso ‘Caso Heverton’.

Quis o destino que XV de Piracicaba e Portuguesa se encontrassem em situações semelhantes na tabela de classificação. O Nhô Quim teve um domínio inicial, chegou a pressionar a Lusa, que esperou o momento certo para atacante. Quando o fez, Leandro Domingues chutou na trave. A bola ainda correu pela linha e apareceu no pé de Bruno Santos. O zagueiro parou na defesa de Mateus Pasinato.

O Alvinegro, que viveu altos e baixos durante a partida, teve uma chance de ouro aos 45 minutos da primeira etapa. Bruninho saiu de frente para o gol, soltou o pé, mas Ricardo Berna fez a defesa com os pés. A Lusa ficou atrás na maior parte do tempo, e levou um 0 a 0 importante para o intervalo, resultado que a mantinha na divisão.

Quinzistas comemoram virada e manutenção no Paulista A2 com a torcida presente ao Barão da Serra Negra
Quinzistas comemoram virada e manutenção no Paulista A2 com a torcida presente ao Barão da Serra Negra

SE SALVARAM!
No segundo tempo, a situação da Portuguesa melhorou ainda mais. O XV foi para cima, mas deu o contra-ataque para o adversário, que aproveitou logo no minuto inicial. Luizinho partiu em velocidade, invadiu a área e tocou por cima de Mateus Pasinato para fazer 1 a 0 no Barão de Serra Negra.

Alívio geral em Piracicaba após a vitória sobre a Portuguesa, por 2 a 1
Alívio geral em Piracicaba após a vitória sobre a Portuguesa, por 2 a 1
O XV respondeu na sequência com Rodrigo, após desviou de Rafael Gomes, mas o árbitro jogou um balde de água fria na torcida ao anular o lance. O Alvinegro ainda tentou uma pressão. Romarinho e Carlos Alberto arriscaram, mas ambos ficaram no goleiro Ricardo Berna, um dos destaques do time da Lusa.

VIRADA NO FIM
Mas uma luz surgiu no fim do túnel aos 37 minutos. Carlos Alberto aproveitou a sobra dentro da árae e chutou para deixar tudo igual.

O gol deu um novo ânimo ao Alviengro, que foi com tudo para cima. Na base da superação, o XV virou. Aos 45, Romarinho cobrou falta dentro da área, e Rodrigo desviou para deixar o time na Série A2.

Apesar do gol, a Portuguesa não demonstrou vontade alguma de buscar o empate. Sabendo que a tabela também a livraria da queda, a Lusa tirou o pé, não se desgastou e também pôde comemorar a permanência.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
19ª rodada
Data
23/04/2017
Horário
16h00
Local
Barão de Serra Negra - Piracicaba (SP)
Árbitro
Vinicius Gonçalves Dias Araujo

Renda
R$ 47.705,00
Assistentes
Anderson Jose de Moraes Coelho e Alberto Poletto Masseira

Público
3..831 pagantes
Cartões Amarelos
XV de Piracicaba: Doni, Rodrigo, Gilson, Bruninho
Portuguesa: Bruno Oliveira

Gols
XV de Piracicaba: Carlos Alberto 37' 2T, Rodrigo 45' 2T
Portuguesa: Luizinho 1' 2T
XV de Piracicaba
Mateus Pasinato;
Zé Mateus, Rodrigo, Doni e Samuel (Barreto);
Gilson, Clayton (Bruno Formigoni) e Gilsinho;
Romarinho, Bruninho e Rafael Gomes (Carlos Alberto).
Técnico: Vica
Portuguesa
Ricardo Berna;
Bruno Santos, Everton, Bruno Oliveira e Thiago Feltri;
Dinho, Fernando Martins (Bruno Xavier), Luizinho e Leandro Domingues;
Bruno Duarte (Rômulo) e Adilson (Rodolfo).
Técnico: Estevam Soares
 
 
" />