Portuguesa 0 x 0 Atlético Sorocaba - Lusa garante permanência em clima de velório!

Terminada a participação no Paulista da Série A2, a Lusa foca na disputa do Brasileiro da Série C

por Rivail Oliveira

São Paulo, SP, 03 (AFI) A Portuguesa fez o suficiente para escapar do rebaixamento no Campeonato Paulista da Série A2. Em uma partida de poucas emoções, o time paulistano apenas empatou sem gols com o já rebaixado Atlético Sorocaba, na manhã deste domingo, no Estádio do Canindé, em São Paulo. O duelo foi válido pela última rodada da primeira fase.

Com este resultado, os donos da casa encerram a participação na 13ª colocação, com 24 pontos. Terminou com dois pontos à frente do Paulista, o primeiro dentro da zona de rebaixamento. O time de Sorocaba, por sua vez, ficou na 18ª posição, com 16 pontos, e disputará o Paulistão A3 de 2017.

Terminada a participação no Estadual, a Portuguesa foca na disputa do Brasileiro da Série C, que tem início previsto para o dia 21 de maio. A estreia será contra o Macaé, no Canindé. Já o Atlético deve passar por um processo de reformulação, uma vez que só deve voltar às atividades caso confirme presença na Copa Paulista.

DIFÍCIL DIGESTÃO

Portuguesa não superou o Atlético Sorocaba, mas escapou da queda - Foto: Dorival Rosa/Portuguesa
Portuguesa não superou o Atlético Sorocaba, mas escapou da queda

O primeiro tempo foi de difícil “digestão” para os poucos torcedores que foram ao Canindé. O futebol ruim, principalmente por parte da Lusa – Galo jogou nos contragolpes – irritou o torcedor luso. Porém, nos 20 minutos iniciais até que os times se esforçaram.

Como o Galo, aos nove minutos, que chegou com o atacante Claudir, que finalizou para defesa do goleiro Luiz Carlos. Depois a Lusa teve uma boa sequência. Aos 15 minutos, com o volante Ferdinando mandou para fora em boa jogada do meia Natan. Depois, aos 18, o atacante Diego Gonçalves serviu o atacante Tocantins que mandou em cima do goleiro Christopher. No lance seguinte, aos 19, o mesmo Diego "chapelou" o marcador e tocou para Tocantins que perdeu outro gol para a Portuguesa.

O jogo caiu muito nos 20 minutos finais, mas o Atlético ainda tentou aos 27 minutos, com o volante Wilian e, aos 30, com Claudir e, aos 43, o goleiro luso Luiz Carlos ainda praticou uma boa defesa. E no finalzinho, a melhor chance para a Lusa veio com Natan que, livre de marcação perdeu um gol feito.

GRANDE CHANCE
No segundo tempo, o jogo só teve um time em campo: o Atlético Sorocaba, que esteve melhor e mereceu vencer a partida no Canindé não fosse o goleiro Luiz Carlos. Ele evitou a derrota em pelo menos quatro lances. Aos quatro e cinco minutos, o lateral Billy e Wilian fizeram boa jogada. Logo em seguida Claudir perdeu gol feito em bom lance de Salinas.

A pressão do Galo seguiu com Roger perdendo gol aos 11. A Lusa deu o ar da graça no ataque aos 13, com Bruno mas Christopher defendeu.

Aos 19 minutos, Salinas cara a cara perdeu gol para o Galo. Um pouco mais tarde, aos 32 foi Luiz Guilherme. No finalzinho, aos 37 Guilherme Almeida achou a trave defendida pelo goleiro atleticano. E aos 45 Billy mandou um chute forte mas o goleiro luso evitou o gol novamente.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
19ª rodada
Data
03/04/2016
Horário
10h00
Local
Estádio do Canindé - São Paulo (SP)
Árbitro
Leandro Bizzio Marinho

Renda
R$ 7.680,00
Assistentes
Luis Alexandre Nilsen e Risser Jarussi Corrêa

Público
965 torcedores
Cartões Amarelos
Portuguesa: Guilherme Almeida
Atlético Sorocaba: Claudinei

Portuguesa
Luiz Carlos;
Cesinha, Tales, Guilherme Almeida e Luan Peres;
Renan Teixeira, Ferdinando (Vinícius), Natan (Bruno Nunes) e Labarthe (Matheus);
Diego Gonçalves e Gustavo Tocantins.
Técnico: Anderson Beraldo
Atlético Sorocaba
Christopher;
Luiz Guilherme, Alemão, Saulo e Billy;
Claudinei, Wilian (Matheus), Eltinho (Chicão),e Roger (Alexandre);
Claudir e Lucas Salinas.
Técnico: Ednei Ugueto
 
 
" />