Santo André 0 x 1 São Bento - Marquinhos garante a vitória no fim do jogo

O meia acertou uma bela finalização cruzada aos 47 da etapa final

por Rivail Oliveira

Santo André, SP, 29 (AFI) - De forma emocionante e sofrida, com um gol nos acréscimos, marcado por Marquinhos, aos 47 minutos do segundo tempo, o São Bento obteve uma grande vitória contra o Santo André por 1 a 0, em pleno Estádio Bruno José Daniel, resultado que fez o time renascer na reta final da competição, e recoloca provisoriamente no G-4 do Campenato Paulista da Série A2.

Foi um jogo de um primeiro tempo mais “morno” e de muita pegada, e um segundo tempo mais aberto, e com o São Bento melhor no jogo e que foi premiado no final com um gol. Com o resultado o Azulão de Sorocaba soma agora 31 pontos, em segundo lugar, enquanto o Santo André caiu para sexto lugar com 29 pontos.

Primeiro tempo
Os dois times precisavam da vitória, nas a verdade é que faltou emoção no primeiro tempo no ABC. O Santo André teve mais posse de bola e tentou algumas jogadas pela esquerda com Renato Peixe. No entanto, a marcação forte do São Bento se sobressaiu e o time de Sorocaba ainda teve espaço para contra-atacar, mas sem uma referência na armação, acabou optando por lançamentos infrutíferos para os atacantes Makanaki e Tremonti. Com esse quadro, o primeiro tempo se arrastou, no Bruno José Daniel.

O Santo André começou pressionando e aos dois minutos Ramalho e Renato Peixe tentaram boa jogada pela esquerda, mas o arremate não foi bem feito e a bola foi para fora; aos sete minutos Renato Peixe experimentou pela canhota mas errou. Nas melhores chances, aos 13 o Bentão tentou com Claudio Santos num chute cruzado, e na resposta, o Ramalhão tentou no lance seguinte numa testada para fora do zagueiro Jonas, depois de um escanteio.

Depois só aos 37 minutos num chute mascado de Nunes para fora, aos 43 em arremate sem direção de Renato Peixe, aos 45 em arremate e Ângelo, para defesa de Ronaldo, enquanto o São Bento tentou, logo depois com Helton Luiz e o placar do período ficou mesmo não 0 a 0.

Jogão e Bentão melhor
O São Bento voltou mais ofensivo com Marquinhos, mais aberto buscando mais o gol. E perdendo até os 20 minutos pelo menos quatro grandes chances.

Logo a dois minutos Helton deu um passe de calcanhar para Tremonti, que chegou livre na cara do goleiro Saulo e mandou de primeira, mas o goleiro fez ótima defesa. Aos sete Bruno Ré entrou em diagonal mas bateu fraco; Helton Luiz tentou de longe aos 11, mas a bola subiu muito. Helton Luiz mandou uma bomba na entrada da área, aos 13 minutos mas Saulo outra vez fez ótima defesa.

Aos 20 minutos Makanaki pela direita emendou e Saulo fez grande defesa, no escanteio sequente, Tremonti desviou e mandou para fora. O Ramalhão respondeu aos 25 minutos Chico deixou Nunes na cara do gol e emendou para uma grande defesa do goleiro Ronaldo, do São Bento. Aos 28 o Bentão chegou forte e Marquinhos bateu cruzado e Saulo defendeu outra vez. Aos 32 minutos, num arremate de longe, o goleiro Ronaldo fez outra boa defesa.

Gol e Bentão “renasce" no final
O jogo caminhava para o final e quando o empate sem gols se já configurava, o São Bento ressurgiu na briga pelo acesso aos 47 minutos. Num lance pela direita, a bola foi lançada dentro da área do Santo André, a defesa tentou tirar, se atrapalhou e o balão se ofereceu para Marquinhos, que livre bateu cruzado, forte no alto sem chances para Saulo, marcando o gol da vitória sofrida do Bentão, 1 a 0.

Próximos jogos
Na 18ª e penúltima rodada da Série A2, sábado, tem São Bento x Guaratinguetá às 16h no CIC, em Sorocaba, e o Santo André recebe no mesmo dia, às 15h, o Catanduvense no Bruno José Daniel.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
17ª rodada
Data
29/03/2014
Horário
10h00
Local
Bruno José Daniel - Santo André (SP) (SP)
Árbitro
Alessandro Darcie

Assistentes
João Edilson de Andrade e Marcela de Almeida Silva

Cartões Amarelos
Santo André: Angelo
São Bento: João Paulo, Givanildo

Gols
São Bento: Marquinhos 47' 2T
Santo André
Saulo;
Angelo Felipe Cordeiro, Jonas, Júnior Paulista e Renato Peixe;
Marcinho, Guerreiro, Chico (Diogo Orlando), Ramalho e Michael;
Nunes e Felipe Alves (Cacá)
Técnico: Vilson Tadei
São Bento
Ronaldo;
Cláudio Santos, Herbert, João Paulo e Bruno Ré;
Roberto, Givanildo, André Cunha (Marquinhos) e Helton Luiz;
Makanaki (Almir Dias) e Tremonti (Alisson)
Técnico: Paulo Roberto Santos
 
 
" />